Uso de bicicletas aumenta em 14% em roubos, furtos e acidentes também disparam em 2023

Cada vez mais as bicicletas têm feito parte do cotidiano das pessoas: facilidade de deslocamento, praticar um exercício físico, economizar ou mesmo fugir da aglomeração nos transportes públicos. De acordo com a Bicycle-Guider, há mais de 1 bilhão de bikes no mundo, sendo que 40 milhões delas estão no Brasil.

Seja para lazer ou transporte, a importância das bicicletas é enorme, tanto que a ONU, em 2018, instituiu uma data para comemorar o seu protagonismo: o dia 3 de junho.

Em terras tupiniquins o uso das magrelas se popularizou. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a adoção das bikes aumentou 14% nos dois primeiros meses de 2023 em comparação a 2022 na cidade de São Paulo e hoje é o modal preferido por 7% dos brasileiros.

Somente no ano passado foram vendidas 3,77 milhões de unidades, segundo a Aliança Bike. Após um ano com queda de 35% nas vendas, em 2023 a expectativa é de redução de preços e vendas que podem chegar a 5 milhões de unidades. E o destaque fica por conta das bicicletas elétricas. Mercado em expansão, em 2022 foram vendidas quase 45 mil unidades, crescimento de 9,64% em comparação a 2021. Os dados são do Boletim Técnico sobre o Mercado de Bicicletas Elétricas 2023 da Aliança Bike.

Acidentes, roubos e furtos de bicicleta

“O número de crimes relacionados às bicicletas ainda está em franco crescimento, além do que não há uma infraestrutura capaz de promover segurança para os ciclistas”, explica Henrique Volpi, CEO da Kakau, plataforma digital que utiliza tecnologia de inteligência artificial para entregar resultados mais precisos no segmento de seguros.

E, sem segurança para trafegar, o número de acidentes cresce. Somente nos primeiros dois meses de 2023, 52 mortes foram registradas somente no estado de São Paulo. Entre janeiro de 2015 e janeiro de 2023, 2.811 ciclistas perderam a vida. De acordo com o Infosiga (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo), 56,4% dos acidentes que aconteceram ao longo desses oito anos foram em ruas e avenidas e 33,93% em rodovias.

Outra grande preocupação é com a criminalidade. O aumento de bicicletas nas ruas e o investimento realizado em sua compra – com modelos chegando a R$ 30 mil – tem despertado o interesse dos bandidos.

O site Bicicletas Roubadas, que conta com a ajuda das próprias vítimas que reportam os crimes, registrou 1681 furtos e 683 roubos apenas no estado de São Paulo. Em segundo lugar está o estado do Rio de Janeiro, com 640 furtos e 286 roubos.

Somente no estado de São Paulo, em 2022, foram registrados 17.872 roubos e furtos, um crescimento de 12% em comparação com o ano de 2021. Já apenas na cidade de São Paulo foram 3.795 ocorrências, um crescimento de 10% em relação ao ano de 2021.

“As bicicletas exigem cuidados especiais quando se está fora de casa. “Não importa a atenção que se tenha, muitas vezes é difícil evitar uma situação ruim”, alerta o CEO da Kakau.

Pensando na preocupação com a segurança, o executivo enumera 5 cuidados importantes para evitar furtos e roubos:

  1. Tenha atenção à sua volta: dessa forma, você será capaz de reagir a qualquer atividade suspeita acontecendo ao seu redor que possa colocar a bike (e você) em perigo.
  2. Cuidado ao falar com pessoas estranhas: muitos criminosos ficam à espreita, só esperando. Avalie bem se vale a pena pausar o passeio para dar uma informação. Ao parar em um sinal de trânsito, não perca a atenção e continue olhando para todos os lados.
  3. Use fones de ouvido: é delicioso ligar para alguém ou ouvir música enquanto se anda de bike. Se você for fazer isso, não se esqueça de ter atenção ao trânsito e usar um fone de ouvido (de preferência sem fio, que chama menos atenção). É muito mais seguro!
  4. Não abandone suas coisas: você está com um grupo de amigos tomando sorvete, conversando e colocando a bike de lado. Para evitar que alguém a pegue, não a deixe sozinha.
  5. Faça um seguro: Zelar pela proteção de um bem é fundamental e a melhor decisão é contratar um seguro para a bike.

A Kakau disponibiliza diversos tipos de coberturas. Os valores variam conforme o modelo e tipo de bem segurado. As vantagens da escolha dessa seguradora são as coberturas para quebra acidental e roubo e furto qualificado, sem carência e com todos os processos realizados 100% online.

Sobre a Kakau

A Kakau é uma seguradora que oferece proteção por assinatura, se destacando no mercado como a primeira insurtech brasileira 100% digital a inovar com o uso de tecnologias, como “Machine Learning”, “NLP” e Ciência de Dados. Idealizada em 2016 e fundada em 2017, a plataforma busca diminuir a burocracia na contratação de seguros, análise e pagamento de sinistros e no fornecimento de assistência quando necessário. Oferecendo em poucos cliques, acesso rápido e fácil desde a contratação, sinistro a assistência.

A Kakau oferece proteção, por assinatura, para bicicletas e smartphones ou tablets, 100% digital, sem carência e sem burocracia. Integrando assim o conceito de similaridade digital em seguros. O assinante Kakau conta com recompensas progressivas e benefícios gratuitos para quem fica mais tempo.

Propósito social

Outro diferencial da Kakau Seguros é o seu compromisso social, desde 2017, por meio de uma campanha de arrecadação para construção de moradias em comunidades carentes. O projeto Kakau Teto possui parceria com a TETO BRASIL, uma organização internacional presente em toda a América Latina.