Mais de 900 mil veículos devem circular nas principais rodovias do DER no feriado do Dia do Trabalhador

Departamento de Estradas de Rodagem (DER), órgão ligado à Secretaria de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística (Semil), dá início nesta sexta-feira (28) à O/04peração Dia Do Trabalho. Pela previsão do departamento, cerca de 920 mil veículos devem circular pelas principais rodovias estaduais administradas pelo Departamento durante o período do feriado. A operação contará com reforços operacionais com o objetivo de minimizar o impacto do aumento do número de veículos em circulação e reforçar a segurança nas vias.

Entre os dias 28 de abril e 1º de maio, serão reforçadas as equipes de atendimento com viaturas dispostas em pontos estratégicos das rodovias, equipamentos para auxiliar o monitoramento – entre eles, contadores veiculares (para estudos de tráfego), câmeras CFTV, drones e painéis de mensagens variáveis com informações sobre as condições da rodovia.

Ao todo, serão mais de 840 agentes envolvidos na operação especial, sendo 640 colaboradores nas rodovias que ligam a região litorânea, 62 colaboradores no trecho que faz ligação a Campos do Jordão e outros 140 nas demais vias.

Os usuários poderão contar com apoio operacional composto por 140 guinchos leves e pesados, 78 caminhonetes de inspeção distribuídos nas principais vias do Estado, além de 147 veículos entre motocicletas, utilitários e de apoio, que estarão à disposição dos usuários 24 horas por dia.

Expectativa de movimentação

  • Rodovia Manoel Hyppolito Rego – Rio-Santos (SP-055), norte: 149.632
  • Rodovia Padre Manoel da Nóbrega (SP-055), sul: 233.729
  • Rodovia Mogi-Bertioga (SP-098): 66.690
  • Rodovia Oswaldo Cruz (SP-125): 82.844
  • Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro (SP-123): 44.633
  • Rodovia Raposo Tavares (SP-270): 342.679

Total: 920.207

Melhores horários para viajar

  • Sexta-feira (28) – 0h às 14h – 22h à 0h;
  • Sábado (29) – 0h às 7h – 19h à 0h;
  • Domingo (30) – 0h às 8h – 20h à 0h;
  • Segunda (01) – 0h às 10h – 22h à 0h;

Travessias litorâneas

Quem optar por usar as balsas administradas pelo Governo de São Paulo poderá contar com o funcionamento de 24 horas nas travessias de São Sebastião/Ilhabela, Santos/Guarujá, Bertioga/Guarujá, Iguapé/Juréia, Cananéia/Ilha Comprida, Cananéia/Continente e Santos/Vicente de Carvalho. Já Cananéia/Ariri funcionará em determinados horários, que podem ser consultados aqui. Com uma frota de 32 embarcações, entre lanchas e balsas, o sistema tem um volume diário de cerca de 20 mil pedestres, 11 mil ciclistas e 26 mil veículos.

O usuário pode ainda acompanhar as informações em tempo real sobre as condições das Travessias, com imagens das câmeras de monitoramento, pelo site ou pelo aplicativo Travessias do Departamento Hidroviário – SP, disponível gratuitamente para os sistemas Android e Apple.