IPVA São Paulo: terceira parcela começa a vencer neste sábado, dia 11

A terceira parcela do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) dos automóveis registrados no estado de São Paulo começa a vencer neste sábado, dia 11. As datas variam de acordo com o final da placa de cada veículo. 

Motoristas que não pagaram a cota única ou deixaram de quitar parcelas anteriores não têm mais a possibilidade de efetuar o parcelamento com o Governo do Estado de São Paulo. Nesse caso, será necessário pagar o valor integral, além de juros e multa. Uma alternativa, porém, é o app Zul+, da Estapar, que ainda parcela os valores em 12 vezes no cartão de crédito.

Pagamento via app

O Zul+, é um aplicativo criado para facilitar a vida de quem dirige. O app, além de oferecer a possibilidade de pagamento no cartão de crédito em até 12 vezes, ainda aceita Pix, Google Play e Apple Pay. Segundo dados da plataforma, em 2023, 40% dos usuários optaram pelo pagamento à vista, enquanto 60% decidiram pelo pagamento parcelado em 2023. No ano passado, esta proporção foi oposta, afinal 60% pagaram a cota única. Vale lembrar que em 2022, o desconto para o pagamento à vista em janeiro era de 9%, contra 3% esse ano. Além disso, o IPVA ficou 10% mais caro em média, diante da alta dos preços de automóveis.

Quem paga com o Zul+ tem outra vantagem, além de parcelar em 12 vezes. Para aqueles que optam pelo parcelamento com o governo, o IPVA apenas é quitado quando a quinta parcela é paga. Já com o Zul+, mesmo que o motorista parcele em 12 meses, a empresa quita o tributo integralmente junto à Secretaria da Fazenda, regularizando o IPVA em até dois dias úteis. O motorista pode, inclusive, dividir qualquer uma das parcelas em até 12 vezes no cartão de crédito.

O Zul+ ainda oferece, além do pagamento de tributos, serviços como tag de pedágio sem mensalidade, onde encontrar o estacionamento mais próximo, baixar o CRLV digital (documento do veículo), localização de concessionárias, entre outras funcionalidades. Tudo isso na palma da mão, sem a necessidade de baixar diversos apps que ocupam mais espaço de memória dos smartphones.

Atraso

Atrasar o pagamento do IPVA não é uma infração de trânsito, entretanto implica o acréscimo de juros e multa no valor do imposto. Quem não quitar o IPVA também não conseguirá fazer o licenciamento do veículo, outra taxa que deve ser paga, porém, com vencimento em outro momento do ano. De acordo com o CTB (Código de Trânsito Brasileiro), conduzir um veículo que não está registrado e devidamente licenciado é uma infração gravíssima. A multa neste caso é de R$ 293,47 e 7 pontos na CNH.

Sem a regularização do licenciamento, o veículo também não pode ser transferido e pode ser retido em uma blitz policial, caso represente um risco à segurança. Além disso, o nome do proprietário é incluído na dívida ativa e também na lista de devedores do SPC, Serasa e SCPC.

Valores

O valor a ser pago depende do modelo do veículo. Em São Paulo, para carros de passeio, o tributo representa 4% do preço de venda do automóvel calculado pela tabela Fipe; 2% para motocicletas, caminhonetes e ônibus, 1,5% para caminhões e 1% para veículos  destinados a locação. Assim, um veículo de passeio que custa R$ 60 mil terá o valor do IPVA de R$2,4 mil. Para fazer o cálculo, basta o motorista, sabendo o preço do veículo, multiplicar esse número por 0,04. Para os outros modelos, o correto é multiplicar por 0,02; 0,015 e 0,01.

Confira o calendário IPVA 2023 SP

Placa3ª parcela4ª parcela5ª parcela
Final 111/0311/0411/05
Final 212/0312/0412/05
Final 313/0313/0413/05
Final 416/0316/0416/05
Final 517/0317/0417/05
Final 618/0318/0418/05
Final 719/0319/0419/05
Final 820/0320/0420/05
Final 923/0323/0423/05
Final 024/0324/0424/05