Entregadores de aplicativos planejam paralisação

Os entregadores de aplicativos planejam uma grande paralisação no dia 25 de janeiro para reivindicar reajuste da taxa de entrega e melhores condições de trabalho. Eles pretendem se manifestar nas principais cidades como São Paulo e Rio de Janeiro, e em frente às sedes de empresas de aplicativos, como o iFood.

Segundo a coluna de Mônica Bergamo, pelo menos 13 mil pessoas de todos os estados já participam de grupos de WhatsApp criados para organizar a paralisação.

A Aliança dos Entregadores de Aplicativos (AEA) reivindica participação ativa nas discussões sobre a categoria, criação de um fundo social para proteção dos trabalhadores e canal direto e permanente de diálogo com os aplicativos.