Trem Turístico entre São Paulo e Minas Gerais deve ser entregue até 2024

Os amantes de viagens poderão em breve contar com um passeio de trem turístico entre São Paulo e Minas Gerais. A Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF) está restaurando a ferrovia histórica Minas-Rio, que foi inaugurada por Dom Pedro II em 1884.

A rota do passeio turístico da ABPF terá 34,5 quilômetros de extensão e ligará as cidades de Cruzeiro, no interior de São Paulo, até Passa Quatro, em Minas Gerais.

A previsão é que a obra completa esteja entregue em 2024. Porém, segundo a ABPF, em dezembro de 2022, será inaugurada o primeiro trecho desse passeio histórico, que terá 6 quilômetros de extensão e ligará a Estação de Cruzeiro, que está localizada no centro da cidade de mesmo nome, até à Estação Rufino de Almeida, na zona rural.

Segundo informações da ABPF, 4,5 quilômetros da ferrovia já foram recuperados. O trabalho consiste em desenterrar e recuperar os trilhos e os dormentes de madeira, que foram abandonados há décadas e encontram-se apodrecidos.

Apesar de receber o nome de ferrovia Minas-Rio, o trem em sua concepção nunca foi até a cidade carioca, como previa o plano original. Os planos mudaram e a cidade de Cruzeiro acabou sendo escolhida para se tornar o “ponto final” da ferrovia.

A ferrovia foi palco para episódios marcantes da revolta dos paulistas contra o governo de Getúlio Vargas e sua recusa em elaborar uma nova constituição, inclusive com fortes embates no Túnel da Mantiqueira, onde houve lutas entre as tropas paulistas e as forças federais. A chamada Revolução de 1932, deixaram cerca de cem mortos na batalha do Túnel da Mantiqueira. O local ainda guarda marcas de tiros da batalha que completou 90 anos este ano.

Quando for inaugurada, segundo a ABPF, o passeio será chamado de Trem Turístico da Revolução de 1932.