78% da população afirma que sistema BRT Sorocaba melhorou deslocamentos na cidade, indica pesquisa ANTP

Quesitos como conforto, segurança, rapidez, deslocamentos e percepção da operação obtiveram resultados positivos segundo opinião dos passageiros

84
BRT em Sorocaba
Foto: Alexandre Maciel

A chegada do sistema BRT ao transporte coletivo de Sorocaba trouxe melhora dos deslocamentos na cidade. Isso é o que afirma 78% dos participantes da Pesquisa Sensor encomendada pela concessionária BRT Sorocaba e realizada pela Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP) em parceria com o Cittamobi.

Pelo segundo ano consecutivo, a Pesquisa Sensor por meio de uma “Enquete Eletrônica” via aplicativo Cittamobi (plataforma que concentra a base de dados de passageiros de Sorocaba), avaliou quesitos como conforto, segurança, rapidez, melhora nos deslocamentos e percepção da operação.

Em relação ao conforto durante as viagens, 89,9% dos entrevistados avaliaram como ótimo ou bom. Desde agosto de 2020, a população passou a ter acesso a veículos novos e mais modernos nos modelos padron e superarticulados, todos com tomadas USB, wi-fi, monitoramento interno de câmeras, ar-condicionado e motores mais silenciosos. Este cenário não existia na cidade e foi transformado com a chegada do BRT.

Quando questionados sobre a segurança, 88,5% dos sorocabanos consideraram como ótimo ou bom. Houve um aumento positivo de 2,5% em relação ao ano passado. Os deslocamentos dentro do sistema são acompanhados por câmeras desde o momento que o passageiro espera o ônibus, ao trajeto e até o desembarque. Há câmeras nos terminais, estações, dentro dos ônibus e também nas vias exclusivas. O que contribui para uma maior sensação de segurança.

De acordo com Manoel Ferreira, diretor de operações da BRT Sorocaba, o fato de ter uma operação 100% monitorada ajuda a inibir situações desagradáveis e proporciona mais tranquilidade para quem usa o transporte coletivo, especialmente, à noite. “São 1902 câmeras ligadas 24 horas, captando todos os detalhes. O passageiro nunca está sozinho. Para quem anda de ônibus, saber que o trajeto está sendo acompanhado é um fator importante durante o percurso. Se alguém tiver uma necessidade de ajuda, basta acionar o interfone e imediatamente auxiliaremos. No passado, isso não existia. Hoje, a tecnologia do BRT traz uma nova realidade que beneficia o usuário”, destaca Ferreira.

Referente a rapidez nos trajetos, 87,2% disseram que o tempo de viagem é ótimo ou bom. Em relação a 2021, houve um crescimento de 3,2%. Esse indicador positivo confirma uma das principais características de um sistema BRT que é a previsibilidade e agilidade. Para o passageiro, saber a hora de partida e de chegada possibilita que calcule sua rota e passe menos tempo nos deslocamentos. O que favorece a sua qualidade de vida e bem-estar.

Na visão geral, 72% avaliaram o sistema como ótimo ou bom. Sendo este, o mesmo índice de 2021. Os resultados indicaram equilíbrio em relação ao ano anterior e confirmaram que o passageiro se mantém satisfeito com os serviços realizados pelo BRT Sorocaba.

Para Paulo Fraga, CEO do Cittamobi, a implementação da pesquisa pelo segundo ano reforça a participação dos passageiros na manutenção e qualidade dos serviços. “O aplicativo é uma ferramenta utilizada para a mobilidade urbana, mas também para a melhoria contínua. Ter a possibilidade de desenvolver ações que prezam pela qualidade mostra o quanto estamos próximos aos usuários do ônibus e saber o que eles pensam é muito importante”, ressalta Fraga.

Sobre a Pesquisa

A Pesquisa Sensor foi encomendada pelo BRT Sorocaba e realizada pela ANTP em parceria com o Cittamobi. Os dados foram coletados em maio deste ano por meio de uma enquete eletrônica, na qual os passageiros que fazem uso do aplicativo Cittamobi eram convidados a participar da pesquisa respondendo a questões sobre a qualidade dos serviços. Ao todo, 148 passageiros entre 18 e 60 anos avaliaram o sistema BRT Sorocaba. Deste total, 56% eram homens e 41% mulheres.

A união da técnica e experiência em pesquisas da ANTP com a tecnologia de ponta do Cittamobi ajudaram a coletar informações que contribuem para a mobilidade urbana e auxiliam que os gestores sejam mais assertivos ao tomar decisões estratégicas, e embasados em dados.

Segundo Cláudio de Senna Frederico, Vice-Presidente da Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP), a avaliação periódica dos serviços prestados favorece que a empresa veja o que está dando certo e os pontos sensíveis. “A avaliação da experiência deixada pelo uso ou pelo impacto, mesmo sem usar, de um serviço de transporte público não é simples. Não se trata de uma avaliação de um novo sabor de sorvete. Requer coletas frequentes, que se feitas na forma convencional se tornam muito onerosas, e uma interpretação dos resultados por pessoas conhecedoras do tipo de sistema sendo avaliado. A ANTP, felizmente, tem a competência e isenção para esses tipos de serviço e está satisfeita com poder ajudar a cidades como Sorocaba a oferecer cada vez mais serviços úteis e bem avaliados por seus habitantes”.

Sistema Sensor da ANTP

Seguindo uma tradição que vem da origem da ANTP foi idealizado um novo produto de pesquisa da experiência percebida pelos usuários de sistemas de transporte urbano.

Chamado de Sistema Sensor, é rápido e econômico pois utiliza uma enquete eletrônica por celulares. Isso possibilita que as enquetes sejam realizadas frequentemente, acrescentando aos valores de cada enquete uma sequência histórica de tendências. Fornece a cada vez um Índice de Qualidade sintético e específico para cada um dos principais parâmetros medidos (rapidez da viagem, tempo de espera no ponto, conforto, qualidade das informações e segurança). Também levanta o perfil de prioridades locais desses mesmos fatores da qualidade que avaliam os resultados e fornecem um Índice de Qualidade Ponderado ajustado à cultura da cidade.

Para assegurar tudo isso, precisa de uma considerável padronização para que os resultados dos anos sejam comparáveis e para poderem ser conferidos com outros sistemas que venham a ser avaliados.

Muito importante é que os resultados da pesquisa não são entregues como uma coleção de números e índices, mas são analisados por técnicos experientes da ANTP que interpretam as prováveis causas das opiniões apresentadas. Trata-se, ao final, de uma verdadeira consultoria que utiliza a pesquisa e acrescenta o necessário para que seja possível uma aplicação útil imediata.

A primeira aplicação foi feita no BRT de Sorocaba em 2021 e agora foi repetida em maio deste ano. A ANTP foi contratada pelo BRT Sorocaba que imediatamente repassou os resultados ao gerenciador público do contrato. Seus resultados cumpriram a obrigação contratual da concessão de fornecer os dados para o gestor público acompanhar a qualidade sob o ponto de vista do usuário. Também tem sido importante para orientar os investimentos e ações da empresa operadora de forma eficaz e eficiente.

Os resultados, em ambos os anos, foram excelentes e um dos mais importantes aspectos foi não só o alto índice de aprovação geral dos serviços pelos que dependem dele e também pelos que o usam junto com veículos particulares, como o reconhecimento de que o BRT melhorou a cidade em si e sua mobilidade.

Deixe seu comentário