Maio Amarelo: Uber lança conteúdos educativos voltados para prevenção de acidentes no trânsito

Especialistas em segurança viária produziram materiais com dicas para redução de riscos nos deslocamentos pelas cidades. Empresa inicia ainda um estudo sobre o perfil de acidentes de trânsito com motos com o Instituto Cordial

97
Carro do Rolando
Foto de Rolando Garrido por Unsplash

A Uber inicia nesta semana a campanha para segurança viária no Maio Amarelo, mês dedicado para a discussão do tema no Brasil, em uma parceria com o Observatório Nacional de Segurança Viária e a consultoria HoraH, especialistas no assunto no país. O Instituto Cordial, organização especialista em ciência de dados e inteligência territorial, também começa, com o apoio da Uber, o desenvolvimento de um estudo para mapear o perfil de sinistros de trânsito e os fatores de risco envolvendo motociclistas no Brasil.

O material produzido pela HoraH foca em orientações para o uso seguro de Uber Moto, tanto para usuários quanto para os motociclistas nas cidades em que essa modalidade está disponível. As dicas vêm em formato de animação e com uma linguagem mais direta, abordando as principais dúvidas na hora de utilizar esse meio de transporte. Esse conteúdo passa a ser enviado para toda a base de usuários da empresa quando iniciam o cadastro.

As iniciativas com o Observatório Nacional de Segurança Viária terão três principais frentes: produção de um post educativo sobre segurança no trânsito, um mini podcast voltado para os motoristas e motociclistas parceiros, além de blitzes educativas em parcerias com algumas prefeituras no Brasil. As ações serão feitas mensalmente, até o final do ano, como parte do compromisso da Uber com a segurança nas ruas.

Com o Instituto Cordial, o objetivo é desenvolver um estudo por meio de processamento e análise de dados, buscando desenvolver conhecimento e promover um debate em cima de evidências e boas práticas relacionadas a acidentes com motos no Brasil, focando principalmente em 3 cidades: São Paulo, Campinas e Fortaleza. O estudo, que deve ser finalizado no final do ano, contará com algumas etapas, incluindo mesas de discussão com interlocutores no assunto e um Webinar aberto no final do projeto com os resultados.

Para Araceli Almeida, gerente de Operações para Segurança da Uber, o trabalho em educação é fundamental para a prevenção de acidentes. “A Uber acredita que por meio da divulgação de conhecimento, podemos ajudar a aumentar a segurança de todos no trânsito. Por isso mesmo que nos unimos com diversos parceiros que são verdadeiros experts no assunto para desenvolver esses novos conteúdos educativos e o estudo, que vão ajudar não só a empresa, mas a sociedade como um todo pensando na segurança viária”, afirma Araceli.

Movimento Maio Amarelo

O movimento Maio Amarelo surgiu após uma Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas em 11 de maio de 2011 e, por conta da data da decisão, o mês acabou sendo escolhido para representar o esforço na prevenção de acidentes de trânsito. Desde 2014, a data vem sendo utilizada como principal momento para chamar atenção do mundo sobre a violência no trânsito.

No Brasil, a Uber utiliza a data para chamar atenção sobre a segurança no trânsito e atitudes de prevenção como, por exemplo, a ação com o goleiro do Athletico Paranaense com celular em campo, o resultado da pesquisa Datafolha sobre bebida e direção e a ferramenta da Uber que limita as horas online do motorista.

Deixe seu comentário