Uber anuncia nova tela que mostra ganho total e destino detalhado da viagem para motoristas parceiros de todo o Brasil

bjetivo das novidades é trazer mais informações para os motoristas parceiros e melhorar a experiência dos usuários da plataforma

61
Uber Motorista
Foto: Divulgação/Uber

A Uber anunciou na terça-feira (5/4) a expansão de uma atualização no aplicativo usado pelos motoristas parceiros que aumenta a quantidade de informações exibidas na tela de solicitações de viagens. Essa atualização já vinha sendo testada em diversas cidades desde o ano passado e agora passa a funcionar em municípios de médio e grande porte de todas as regiões do país, inclusive São Paulo, Brasília e outras capitais.

Com a atualização, o motorista parceiro poderá conferir o endereço de destino antes de aceitar a viagem – até então, os motoristas tinham acesso prévio à região de destino e só conheciam o endereço final quando a viagem tinha início.

Outra informação que passa a ser exibida no novo cartão de oferta, como é chamada a tela em que o motorista recebe as solicitações que pode aceitar ou recusar, é o valor total em reais que ele vai ganhar com a viagem, incluindo o adicional de preço dinâmico quando esse recurso estiver ativo.

Cartão de Oferta

No modelo anterior, os ganhos do motorista parceiro eram calculados apenas com base em valores fixos de tempo e distância da viagem, e o cartão de oferta mostrava somente uma estimativa do percurso até o ponto de encontro do usuário. No novo modelo, para que o motorista saiba exatamente o quanto vai ganhar por uma viagem antes de aceitá-la, o cálculo de ganhos deixa de ser fixo e passa a incluir mais variáveis além de tempo e distância, como o trajeto até o passageiro, o horário do dia e o perfil da viagem – tudo para que as viagens que mais acontecem sejam também as que proporcionem mais ganhos para o motorista parceiro.

O objetivo da atualização é trazer ainda mais clareza para quem escolhe dirigir com o aplicativo da Uber, exibindo um conjunto de informações para os motoristas parceiros que usam a plataforma possam conhecer os detalhes das solicitações de viagens sem prejudicar a experiência dos usuários.

Para Araceli Almeida, gerente de Operações para Segurança da Uber, o U-Destino, como é chamado o recurso que exibe o endereço de destino, é mais um importante passo para dar elementos de tomada de decisão para os parceiros. “O objetivo da empresa com essa mudança foi tornar cada oferta ainda mais clara, fornecendo mais detalhes das viagens que estão sendo solicitadas por meio do aplicativo para que os parceiros possam decidir antecipadamente quais desejam realizar”, explica. “Além de ser um recurso que deve contribuir para maior tranquilidade dos parceiros, a gente espera que a nova ferramenta também possa melhorar a experiência dos usuários ao reduzir os motivos de cancelamento pelos parceiros”, afirma.

O destino final detalhado está entre os recursos mais bem avaliados pelos motoristas parceiros, segundo pesquisas internas realizadas pela Uber. Ele já vinha sendo testado em diversas cidades do país e foi aprimorado de acordo com os resultados dos testes e os retornos recebidos dos parceiros e usuários.

Além do endereço de destino e do valor de ganhos com a viagem, o novo cartão de oferta também detalha para o motorista parceiro o valor adicional, em reais, que ele vai ganhar nos momentos em que o preço dinâmico estiver ativo devido à alta demanda. No modelo anterior, o cartão de oferta informava apenas um multiplicador do ganho final com a viagem.

O novo cartão de oferta não trará nenhuma mudança para os usuários, que continuam conferindo no aplicativo o preço exato antes de pedir uma viagem. Da mesma forma que o preço final pode ser diferente caso haja mudança significativa em relação ao pedido original da viagem, com alteração de rota ou mudança no local de encerramento, o valor dos ganhos do motorista parceiro também pode ser atualizado proporcionalmente: se a distância e tempo final forem consideravelmente maiores do que a previsão inicial, o ganho final será maior do que o informado no cartão de oferta; se forem consideravelmente menores, o ganho final será menor.

Deixe seu comentário