EMTU e USP firmam convênio para estudos de ônibus a hidrogênio em São Paulo

A EMTU e a USP firmaram um convênio para estudos da viabilidade técnica e operacional de um ônibus movido à célula a combustível hidrogênio em São Paulo.

A assinatura do contrato aconteceu em 17 de dezembro de 2021, mas, só nesta segunda-feira, dia 7 de fevereiro de 2022 é que ela foi publicado no Diário Oficial.

O acordo tem um prazo de vigência de 60 (sessenta) dias após a sua assinatura.

Entre os anos de 2011 e 2015, quatro veículos movidos a hidrogênio foram testados no Corredor Metropolitano ABD, operado pela Metra na época. Esse veículos estão até hoje encostados na garagem da Metra (atual Next Mobilidade).

Em 2016, três veículos mais novos também foram apresentados e circularam novamente pelo Corredor ABD, porém, foram apenas 4 meses.