100 empresas mais influentes em mobilidade urbana são eleitas em levantamento exclusivo

Projeto é uma parceria do Connected Smart Cities e Mobilidade Estadão

483
Mobilidade Tráfego
Foto de Lucas Santos por Unsplash

Um levantamento criterioso é o responsável por apontar as 100 empresas mais influentes em mobilidade urbana no ano de 2021. O trabalho é uma parceria realizada entre o Connected Smart Cities e a vertical de Mobilidade do Estadão, que divulga, com exclusividade no impresso e digital, na próxima quarta-feira, 26 de janeiro de 2022, o resultado final do projeto.

O Projeto

O projeto iniciou com 288 companhias selecionadas, que atuam no setor de mobilidade no Brasil. Depois, 30 profissionais da área foram convidados a votar nas empresas mais influentes. As 288 companhias selecionadas foram divididas em oito segmentos e 241 delas receberam ao menos um voto dos jurados.

Os especialistas puderam indicar empresas em três categorias, levando em consideração a inovação; práticas de ESG e as ações positivas realizadas durante a pandemia da Covid-19. As 10 mais votadas foram:

Jurados

Profissionais renomados do setor de mobilidade foram convidados para eleger as 100 empresas mais influentes em mobilidade urbana no Brasil. Alguns dos jurados fazem parte de organizações que apoiam o Connected Smart Cities.

Saiba quem foram os especialistas convidados:

  • Alejandra Devecchi – Gerente de Planejamento Urbano da Ramboll;
  • Antônio Edson Souza Meira Júnior – Presidente da ABRAMET (Associação Brasileira de Medicina de Tráfego);
  • Carol Padilha – Fundadora da ONG Carona a Pé;
  • Clarisse Cunha Linke – Diretora Executiva no ITDP Brasil (Instituto de Políticas de Transporte & Desenvolvimento);
  • Daniel Guth – Diretor Executivo da Associação Brasileira do Setor de Bicicletas (Aliança Bike);
  • Edgar Barassa – Fundador da Barassa & Cruz Consulting nas áreas de mobilidade elétrica, energias renováveis e tecnologias emergentes de baixo carbono;
  • Eduardo Peixoto – Chief Design Officer do CESAR (Centro de Inovação);
  • Eleonora Pazos – Head of Latin American Officce na UITP (Associação Internacional do Transporte Público);
  • Emílio Matsumura – Diretor Executivo do Instituto E+ Transição Energética;
  • Fernando Rabelo – Gerente Executivo da BrasilLab;
  • Gustavo Partezanni – Fundador da URBR (Estratégias Urbanas);
  • Janayna Bhering – Gerente de Negócios e Parcerias na FUNDEP (Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa);
  • João Oliveira – Presidente da ABEIFA (Associação Brasileira de Empresas Importadores e Fabricantes de Veículos Automotores);
  • Juliana DeCastro – Pesquisadora da Academia e Coordenadora de Planejamento Urbano na Planett e Tembici;
  • Lilian Frazão – Founder & CEO da Quero Pedalar Brasil;
  • Luis Fernando Villaça Meyer – Diretor de Operações do Instituto Cordial;
  • Marcel Martin – Program Oficcer do ICS (Instituto Clima e Sociedade);
  • Myriam Tschiptschin – Gerente do Núcleo de Smart Cities da CTE;
  • Paulo Miguel Júnior – Presidente da ABLA (Associação Brasileira de Locação de Automóveis);
  • Renata Falzoni – Jornalista, Fundadora do Night Biker’s Club do Brasil, clube pioneiro de ciclistas urbanos noturnos no Brasil;
  • Roberta Marchesi – Diretora Executiva na ANPTrilhos (Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos);
  • Roberta Hessmann Knopki – Assessora Técnica na GIZ (Profissionais para Energias do Futuro);
  • Rodrigo Tortoriello – Sócio-Fundador da RT2 Consultoria Ltda;
  • Rogério Markiewicz – Presidente da ABRAVEI (Associação Brasileira dos Proprietários de Veículos Elétricos Inovadores);
  • Sérgio Avelleda – Coordenador do Laboratório Arq. Cidades do Futuro no Núcleo de Mobilidade Urbana do Laboratório de Cidades do Insper Arq. Futuro;
  • Sérgio Sgobbi – Diretor de Relações Institucionais e Governamentais na Brasscom;
  • Tatiana Cortese – Pesquisadora do IEA-USP (Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo);
  • Victor Callil – Coordenador de Pesquisas no CEBRAP (Centro Brasileiro de Análise e Planejamento);
  • Vitor Magnani – Presidente da Associação Brasileira Online to Offline (ABO2O);
  • Zeno Nadal – Coordenador MBI no SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial).

Parque da Mobilidade Urbana

O levantamento das 100 empresas + Influentes é uma das ações que compõem o Parque da Mobilidade Urbana, que será realizado entre os dias 23 a 25 de junho, na “esquina da América Latina em São Paulo”, o conjunto arquitetônico do Memorial da América Latina, na Barra Funda. O evento, que reafirma a parceria do Connected Smart Cities com o Mobilidade Estadão, vai proporcionar a discussão das garantias de deslocamento das pessoas nas cidades de forma sustentável e equitativa.

O Parque da Mobilidade Urbana (PMU) vai promover o encontro do ecossistema apresentando conteúdos, entrevistas, vídeos e demais ações realizadas durante o ano de 2021, pela plataforma Connected Smart Cities e o Mobilidade Estadão. Mais que um evento, o Parque da Mobilidade Urbana vai compartilhar experiências, engajar discussões e realizar ações concretas que serão desenvolvidas de forma colaborativa com diversos parceiros.

Live de apresentação

Na próxima quarta-feira, 26 de janeiro, às 11h, será apresentada uma live, exibida no canal Estadão Mobilidade no YouTube e nas mídias sociais do Estadão (Facebook, Linkedin e Twitter), além do portal Mobilidade Estadão, para apresentar todo o processo de levantamento do projeto das 100 empresas mais influentes em mobilidade urbana no Brasil.

Deixe seu comentário