Locais para andar de bicicleta em São Paulo

208
Qual bicicleta comprar Bicicletas nos trens
Foto: Divulgação

A maior cidade do Brasil é muito conhecida por ser a capital nacional do carro, mas passear por São Paulo de bicicleta é um jeito divertido e ecológico de explorar a Terra da Garoa. Com uma malha cicloviária em constante expansão, São Paulo tem uma infinidade de lugares incríveis para se conhecer de bike. Vamos descobrir quais são?

No meio do caminho, vamos ver também algumas dicas e curiosidades sobre o amor que os paulistanos têm pela magrela.

  1. Avenida Paulista

O cartão postal mais clássico de São Paulo ganhou uma ciclovia em 2015 e impulsionou a expansão da malha cicloviária da capital paulista. A avenida é deslumbrante de qualquer jeito, mas fica ainda mais linda quando você a percorre de bike!

  1. Parque Ibirapuera

Ir a São Paulo e não andar de bike no Ibirapuera é um crime tão grande quanto não comer pizza no Bixiga. Não deixe de conhecer o pulmão verde de São Paulo de bicicicleta!

  1. Parque Villa-Lobos

Localizado no Alto de Pinheiros, o Parque Villa-Lobos não é tão conhecido quanto o Ibirapuera, mas costuma ficar mais vazio. É uma excelente alternativa aos roteiros mais tradicionais.

  1. Minhocão

O elevado mais odiado pelos paulistanos fecha para os carros todas as noites, fins de semana e feriados. Mas andar de bike no Minhocão é outra vibe: você vê a cidade do alto e se sente reconquistando um pedaço da cidade que os carros dominaram por muito tempo.

Como descobrir as melhores rotas de bike em São Paulo?

Uma das melhores maneiras de passear de bicicleta pelos roteiros mais queridos dos paulistanos é usar uma extensão VPN como VeePN. VPN o que é? Basicamente, é uma conexão privada que cria uma espécie de túnel virtual, dentro do qual informações confidenciais podem trafegar em segurança e sem ter contato com o resto da internet. Com um VPN, você consegue proteger ainda mais sua navegação de vírus e ataques de hackers.

Você talvez esteja se perguntando como funciona um VPN e por que ele é uma ótima ferramenta para viajantes ciclistas. Basicamente, extensões do tipo trocam temporariamente o seu endereço IP por outro hospedado em outro canto do mundo. Assim, você pode mudar a sua localização para São Paulo, caso ainda não tenha chegado à cidade, para direcionar melhor a sua pesquisa.

Quanto custa uma bicicleta em média?

Isso vai depender do que você quer fazer com ela! Bikes para adultos e uso urbano partem de quase R$ 600 e podem chegar até R$ 1.000. Mas uma das coisas mais legais de São Paulo é que você não precisa comprar uma bicicleta se não quiser.

Alugar uma bike na cidade é fácil e barato, principalmente depois que a ação Bike Sampa chegou à Terra da Garoa. Hoje, são mais de 260 estações e 2.600 magrelas à sua disposição. E esse número continua crescendo à medida que São Paulo se torna uma metrópole cada vez mais bike friendly.

Afinal, a bicicleta é uma paixão nacional?

Os brasileiros não amam tanto as magrelas quanto os holandeses e alguns outros povos europeus, é claro. Mas a bicicleta chegou por aqui ainda no século XIX e não demorou a conquistar legiões de fãs. Nos últimos vinte anos, várias cidades do Brasil (em especial as capitais), passaram a implantar e expandir a própria malha cicloviária, e não é difícil ver ciclistas nas partes mais remotas do país. O planeta e a nossa saúde agradecem!

É seguro andar de bicicleta em São Paulo?

São Paulo tem quase 700 quilômetros de malha cicloviária e continua investindo na expansão dela. Isso tem tornado a vida dos ciclistas cada vez mais tranquila, mas ainda é preciso muito cuidado para passar por cruzamentos e atenção com motoristas desatentos.

Uma das opções para quem tem um pouco de medo de pegar a bike na selva da pedra é contratar um tour de São Paulo de bicicleta. Assim você vai conhecer as atrações mais icônicas da cidade sem correr nenhum risco.

Para descobrir os roteiros ciclísticos mais incríveis de São Paulo, você pode se conectar a uma das centenas de pontos de Wi-Fi gratuito espalhados pela cidade. Essa é, aliás, outra vantagem de saber o que é um VPN e ativar um: você pode adicionar uma camada extra de proteção à sua navegação ao usar uma rede pública.

Andando de bike em SP

Dar um rolê de bike no Ibirapuera ou pela Avenida Paulista é uma das atividades mais clássicas e empolgantes para se fazer em São Paulo. E agora que você já sabe como funciona um VPN, pode usar uma extensão do tipo para pesquisar os melhores roteiros antes mesmo de viajar para lá. O que você está esperando?

Deixe seu comentário