Protesto de entregadores de aplicativos bloqueia vias da capital paulista

32
Protesto Entregadores
Foto: Reprodução/CET

Um protesto de motocislistas entregadores de aplicativos bloqueava duas faixas da direita da Avenida Rebouças, no sentido Centro, na altura da Rua João Moura, no início da tarde desta terça-feira, dia 13 de julho de 2020.

Por volta das 12h55 havia lentidão na Avenida Rebouças, no sentido Centro, desde o Túnel Fernando Vieira de Mello até a Rua João Moura.

Um pouco depois das 13h30, o grupo ocupava uma faixa da esquerda da pista da esquerda do Viaduto Jacareí, em frente à Câmara Municipal de São Paulo.

Por volta das 14h20, o monitoramento do aplicativo Waze mostrava trânsito fluindo normalmente no Viaduto Jacareí.

Por volta das 14h30, o grupo estava na Rua da Consolação, em frente ao Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região.

Por volta das 15h15, o trânsito estava congestionado na Rua da Consolação, no sentido Bairro, entre as ruas Rego Freitas e Dona Antônia de Queirós.

Reivindicações

Segundo a rádio Trânsito, o grupo de motociclistas realizava uma nova paralisação na capital paulista nesta terça-feira.

Os entregadores saíram por volta das 9h da sede do Sindicato dos Mensageiros Motociclistas do Estado de São Paulo (SindimotoSP), na Rua Doutor Euríco Rangel, 58, no Brooklin, na Zona Sul.

De acordo com o sindicato, a paralisação tem o intuito de reivindicar melhores condições de trabalho.

Entre os pedidos estão:

  • Aumento do valor pago por entrega;
  • Aumento do valor pago por quilômetro rodado;
  • Contratação de seguros de vida e contra acidente, roubo e furto de motocicleta;
  • Fornecimento de EPIs (Equipamentos de proteção individual) e local fixo para
  • Higienização das mão e baú das motocicletas.

Essa é a segunda paralisação da categoria, no dia 1º de julho, milhares de motociclistas se reuniram na capital paulista e em cidades de todo o país reivindicando melhores condições de trabalho.

Uma audiência de conciliação entre o SindimotoSP e as empresas de aplicativos estava marcada para às 16h, no Tribunal Regional do Trabalho da 2º Região, na Rua da Consolação, 1272.

Deixe seu comentário