Prefeitura de São Paulo lança consulta pública de projetos de segurança viária

A Prefeitura de São Paulo abre nesta quarta-feira, dia 17 de junho de 2020, a consulta pública a 22 projetos de segurança viária conduzidos pela Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes e pela Companhia de Engenharia de Tráfego.

As ações fazem parte do plano Vida Segura, lançado em 2019 pela administração municipal com o objetivo de transformar o trânsito da capital paulista em um dos mais seguros do mundo.

Os projetos visam à redução das mortes e acidentes graves nas ruas da cidade. Eles foram definidos a partir de auditorias de segurança viária conduzidas pela Companhia de Engenharia de Tráfego e pelo minucioso estudo das ocorrências de trânsito de cada região.

Entre as ações de engenharia previstas estão alargamentos de calçada, implantação de travessias elevadas e criação de novas travessias semaforizadas, entre outras medidas.

O Plano de Segurança Viária – Vida Segura é baseado nos conceitos de Visão Zero e Sistemas Seguros, que partem da premissa de que nenhuma morte no trânsito é aceitável e que todo mundo, inclusive o poder público, deve assumir sua responsabilidade para a redução dos acidentes.

Criado na Suécia em 1997, o Visão Zero já é usado como referência em cidades como Nova York, Cidade do México e Bogotá. Em São Paulo, este projeto está contemplado no Plano de Metas da Prefeitura de São Paulo (2019 – 2020).

A consulta pública ficará disponível no site da Companhia de Engenharia de Tráfego até o dia 1º de julho.

Os munícipes poderão acessar textos explicativos sobre cada uma das intervenções, fazer download dos projetos e enviar suas contribuições e sugestões para o e-mail planodesegurancaviar@prefeitura.sp.gov.br.

Áreas Calmas – Têm a proposta de aumentar a segurança viária em regiões onde se concentram atividades comerciais e de serviços com fluxo intenso de veículos e movimentação de pedestres, com ações de acalmamento de tráfego e readequação dos limites de velocidade.

Via Segura – prevê iniciativas como soluções semafóricas, rearranjos na geometria de pontos das vias e revitalização semafórica, de acordo com o diagnóstico de problemas verificados em cada uma delas. As iniciativas de Via Segura foram adotadas pela Prefeitura de São Paulo na Estrada do M’Boi Mirim e nas avenidas Celso Garcia e Carlos Caldeira Filho.

Rota Escolar Segura – têm o objetivo de aprimorar a segurança viária nos caminhos mais usados por crianças e adolescentes entre seus lares e as unidades de ensino que frequentam. O Jardim Nakamura foi a primeira Rota Escolar Segura implementada na cidade, a partir de maio de 2019, após o lançamento do Vida Segura.

Territórios Educadores – projeto que cria travessias seguras e lúdicas no trajeto escola-casa. A ideia é que as crianças possam interagir e aprender brincando enquanto caminham pelas calçadas.

Confira abaixo os 22 projetos em consulta pública, com as Subprefeituras onde serão implantados, e um resumo dos conceitos de cada tipo de intervenção:

Tabela Vida Segura