Covid-19 atinge motoristas e cobradores de ônibus da capital paulista

65
Linha Burgo Paulista Motoristas
Foto: Divulgação/SPTrans

Nas últimas semanas muito vêm se falando dos casos de Covid-19 que está atingindo motoristas e cobradores de ônibus da capital paulista. O Diário do Transporte vêm reportando as informações junto ao sindicato da categoria.

Além disso, a SPTrans autorizou as empresas a colocar cortinas para proteger os motoristas. Leia abaixo um resumo dessas informações.

20/04 – O sindicato da categoria afirmou que 175 funcionários do transporte por ônibus na capital paulista podem estar com o coronavírus. Um levantamento realizado pela entidade aponta que quatro mortes por Covid-19 já foram confirmadas.

17/04 – Pelo menos 15 funcionários de empresas de ônibus da capital paulista podem ter morrido de Covid-19, diz sindicato da categoria. De acordo com a entidade, 12 mortes são investigadas e três já foram confirmadas. As regiões Oeste e Leste registram o maior número de casos.

15/04 – A SPTrans autorizou as empresas de ônibus a colocar cortinas para proteger motoristas da Covid-19. A medida é provisória e visa criar uma barreira mecânica a gotículas, principal forma de contaminação da doença.

13/04 – Motoristas e cobradores de ônibus têm 70% de risco de contágio pelo novo coronavírus no Brasil, dizem pesquisadores. Foram analisadas mais de 2,5 mil ocupações no País. Medidas de segurança e higiene são fundamentais.

09/04 – A Covid-19 chegou aos ônibus da capital paulista e já atinge motoristas e cobradores. Segundo o sindicato da categoria, houve registro de ao menos quatro mortes e várias hospitalizações.

Deixe seu comentário