Coronavírus: Unidades do Poupatempo ficarão fechadas até 10 de maio

17
Poupatempo Rio Claro
Foto: Divulgação/Poupatempo

O Poupatempo, programa administrado pela Prodesp (Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo), adotou medidas mais drásticas para conter o movimento de pessoas nas 76 unidades do Estado de São Paulo. A partir deste sábado, dia 21 de março de 2020, todos os postos ficarão fechados até o dia 10 de maio.

A medida atende ao decreto estadual, publicado neste sábado, dia 21 de março, que reconhece situação de calamidade pública e faz parte do enfrentamento ao coronavírus. Assim, os agendamentos de serviços para os próximos dias estão automaticamente cancelados.

Para compensar, a população já tem mais de 40 serviços digitais que podem ser realizados por meio do portal do Poupatempo, sem sair de casa, com a mesma qualidade, totalmente online, pelo computador ou smartphone.

Pelo canal é possível solicitar o Atestado de Antecedentes Criminais, Declaração de extravios de documentos, serviços na área da Educação, Sabesp, CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) e de algumas administrações municipais, entre outros.

O cidadão que precisar de suporte contará com os canais de atendimento do Poupatempo: portal, chatbot (Poupinha) e telefones que funcionam 24 horas por dia, sete dias por semana. Para a capital paulista e Região Metropolitana e celular pelo telefone 4135-9700 e o telefone 03008471998 para os demais municípios do Estado de São Paulo.

Por segurança, já que são touch e precisam de confirmação da biometria, todos os totens de autoatendimento, inclusive os localizados em estações de Metrô, CPTM, supermercados e demais localidades já foram desabilitados.

O Poupatempo segue todos os protocolos oficiais do Centro de Contingência do Coronavírus, do Governo do Estado de São Paulo, e desde o início da pandemia do Covid-19 trabalha com ações de orientação para conter a doença.

Deixe seu comentário