Coronavírus: Que cuidados deve tomar quem usa transporte público?

Que cuidados deve tomar quem usa transporte público como ônibus, trens e metrô para tentar não contrair o coronavírus?

Jean Gorinchteyn, infectologista do Instituto Emílio Ribas, disse ao Bem Estar que ao se apoiar nas barras de apoio, a indicação é que as pessoas devem tomar cuidado e fazer a higienização das mãos, já que nelas pode conter gotículas de tosse ou espirro.

O infectologista também indica que as pessoas evitem tocar olhos, boca e nariz e se possível não usar o transporte público em horário de pico.

Pedro Campana, médico infectologista da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, sugere as pessoas que carreguem sempre álcool gel para usar não somente no transporte público, mas em outros locais que achar necessário.

A Organização Mundial da Saúde não tem recomendações específicas para o transporte público, mas indica limpar as mãos com frequência após tocar superfícies que possam estar infectadas ou estarem em locais com muito fluxo de passageiros.

A Organização Mundial da Saúde recomenda que as pessoas evitem tocar nos olhos, boca e nariz, ao tossir cobrir a boca com a parte de dentro do cotovelo, manter uma distância mínima de um metro de pessoas que estejam espirrando ou tossindo e, ao notar os sintomas, buscar ajuda médica imediatamente.

As pessoas tocam as mãos em diversas superfícies a todo momento (a catraca do ônibus, o balaústre de apoio, o botão de parada, encosto do banco, entre outros) e, ao esfregar os olhos ou encostar na boca, torna-se muito fácil se contaminar por um vírus.

https://twitter.com/governosp/status/1238147940956471297

Deixe um comentário