Governo estadual promete obras da Linha 15-Prata na Cidade Tiradentes e no Ipiranga até 2022

37
Linha 15-Prata Cidade Tiradentes
Foto: Governo do Estado de São Paulo

Durante a inauguração das três novas estações Sapopemba, Fazenda da Juta e São Mateus da Linha 15-Prata realizada nesta segunda-feira, dia 16 de dezembro, o governador do Estado de São Paulo, João Doria, prometeu que até dezembro de 2022, devem começar as obras de prolongamento do segundo trecho da linha entre o Jardim Colonial e a Cidade Tiradentes.

As estações que constam no projeto original no trecho entre Jardim Colonial e Hospital Cidade Tiradentes são:

  • Jequiriçá
  • Jacu-Pêssego
  • Érico Semer
  • Márcio Beck
  • Cidade Tiradentes
  • Hospital Cidade Tiradentes

“Os estudos mais aprofundados, seja da etapa da licitação, seja do início de obras, com o recurso financeiro necessário, também para podermos fazer até o fim do governo em 2022 para haja a continuidade até a Cidade Tiradentes”, disse o secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy.

“É a determinação que nós tenhamos, com planejamento, com responsabilidade, para que possamos iniciar as obras, seguindo em direção até a Cidade Tiradentes até 2022”, concluiu o secretário.

No outro extremo da linha, o secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, afirmou que até dezembro de 2020 devem começar as obras de prolongamento para ligar a Linha 15-Prata (partindo da estação Vila Prudente) até a estação Ipiranga da Linha 10-Turquesa da CPTM, na Avenida Presidente Wilson.

“Nosso desejo é que consigamos anunciar em 2020 a implementação das obras”, disse o secretário.

Quando totalmente pronto, o trecho entre Ipiranga e Hospital Cidade Tiradentes deve atender a uma demanda de 600 mil passageiros por dia, ou seja, o dobro esperado para quando a linha operar em horário integral entre São Mateus e Vila Prudente que é 300 mil passageiros por dia. Quando totalmente pronta, a Linha 15-Prata contará com 26,6 quilômetros de extensão e 18 estações.

Cidade Tiradentes

Durante a inauguração da estação São Mateus, o Adamo Bazani do Diário do Transporte conversou com um grupo que fazia um abaixo assinado para o prolongamento da Linha 15-Prata até o Hospital Cidade Tiradentes.

Um dos organizadores, Ednelson Pacheco Ferreira, disse que atualmente somente as estações Guaianases da Linha 11-Coral da CPTM e Corinthians-Itaquera das linha 3-Vermelha e 11-Coral são acesso para os moradores que saem da Cidade Tiradentes com destino ao Centro de São Paulo.

“Um ônibus hoje, lá de Cidade Tiradentes, demora até a estação Guaianases da CPTM em torno de 30 minutos, e para a estação do Metrô em Itaquera ele demora de 45 minutos a uma hora”, relata Ednelson.

Ednelson Pacheco Ferreira contou que os moradores demoram cerca de uma hora no trânsito pra sair de São Mateus até a Cidade Tiradentes. O prolongamento da linha até a Cidade Tiradentes traria uma alternativa de transporte rápida para os moradores do bairro.

Leia também

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here