Greve de ônibus em Guarulhos: Acompanhe aqui as informações em tempo real

3371
Greve de ônibus em Guarulhos
Foto: Guarulhos Web

Este post com informações sobre a greve de ônibus em Guarulhos, encerrada no dia 10 de maio de 2019, foi atualizado nos dias 9 de maio de 2019 (dia anterior a greve) e nos dias 10 e 11 de maio de 2019. Logo mais abaixo você confere uma cronologia das informações que foram divulgadas.

Para continuar acompanhando as notícias sobre a mobilidade urbana de Guarulhos, acesse a página sobre Guarulhos ou nos siga nas principais redes sociais (Twitter, Instagram e Facebook).

Seguro Viagem

Sábado, dia 11 de maio

12h30 – Encerramos por aqui a cobertura do Mobilidade Sampa sobre a greve de ônibus em Guarulhos que aconteceu no dia 10 de maio de 2019. Muito obrigado pela atenção de todos!

8h10 – Após o fim da greve de motoristas e cobradores de Guarulhos e região, conduzida pelo sindicato da categoria, decretada em assembleia realizada na noite desta sexta-feira, dia 10 de maio, os ônibus das três empresas, que tiveram as atividades paralisadas nesta sexta-feira, dia 10 de maio, voltaram a circular normalmente na cidade.

Nesta sexta-feira, o Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo determinou em audiência de conciliação entre os sindicatos dos trabalhadores e das empresas de ônibus, o encerramento da paralisação e o retorno o imediato dos motoristas e cobradores aos seus postos de trabalho. Os dois sindicatos entraram em acordo referente à campanha salarial da categoria.

Os pontos da audiência de conciliação sugeridos incluem aumento salarial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor ou de 5% (o que for maior); o não desconto das horas paradas em greve, mediante compensação; e manutenção das demais claúsulas da convenção anterior, com o mesmo reajuste aplicado ao salário, com exceção da Participação nos Lucros e Resultados, que manterá os mesmos valores praticados na norma anterior.

8h – Bom dia! Voltamos com as últimas informações sobre o fim da greve de ônibus de motoristas e cobradores de Guarulhos e região.

Sexta-feira, dia 10 de maio

22h10 – Encerramos por hoje a cobertura da paralisação de ônibus em Guarulhos e região. Os ônibus voltaram a circular gradativamente desde o período da tarde desta sexta-feira, dia 10 de maio, a circulação será normalizada neste sábado, segundo a Prefeitura de Guarulhos. Voltaremos na manhã deste sábado, dia 11 de maio, com uma nova atualização das informações. Obrigado a todos e até lá!

19h20 – A Prefeitura de Guarulhos, informou ao Diário do Transporte, que a circulação de ônibus na cidade será normalizada somente neste sábado, dia 11 de maio. Os motoristas e cobradores iniciaram uma paralisação na manhã desta sexta-feira, dia 10 de maio, mas até por volta de 17h, pouco mais de 10% da frota estava nas ruas, segundo a gestão municipal.

“A operação especial implantada na cidade pela Secretaria de Trânsito e Mobilidade Urbana de Guarulhos, com a utilização do sistema alimentador dos terminais (micro-ônibus) estendendo as linhas até o centro da cidade e a liberação dos corredores de ônibus para o tráfego de veículos em geral, atenuou bastante os efeitos da greve dos motoristas para a população”, informou a Prefeitura de Guarulhos, em nota.

O Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo determinou o retorno imediato dos motoristas e cobradores aos seus postos de trabalhos.

“Após acordo no Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo, os ônibus começaram a operar, mas até às 17h pouco mais de 10% da frota estava na rua e o retorno está sendo gradual, com a normalidade do serviço devendo ocorrer a partir deste sábado”, informou a Prefeitura de Guarulhos.

O Sindicato dos Motoristas e Cobradores, informou que considera os resultados da reunião do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo uma “vitória enorme“, uma vez que o tribunal determinou reajuste salarial à categoria.

Uma assembleia estava marcada para às 17h, para ratificar o acordo com os trabalhadores, porém o sindicato da categoria ainda não oficializou nenhum comunicado.

19h15 – Agradecemos ao João Rafael Pinheiro pelas informações prestadas no Twitter colaborando para ajudar os passageiros de Guarulhos e região.

19h05 – Informação do João Rafael Pinheiro:

19h05 – Situação do trânsito em algumas vias de Guarulhos:

Congestionamento na Avenida Paulo Faccini, sentido Bairro, em toda a passagem pelo Bosque Maia. Na Avenida Salgado Filho, congestionamento na direção do Bairro, entre a Avenida Paulo Faccini e a região da Avenida Suplicy.

Pontos de congestionamento na Rua Soldado José de Andrade, na Avenida Antônio de Souza, Rua Doutor Nilo Peçanha e Rua Sete de Setembro, na região central.

Na região do Taboão, congestionamento na Avenida Natália Zarif, sentido Bairro, do Terminal Metropolitano Taboão da EMTU até a Estação Guarulhos-Aeroporto da CPTM. Avenida Otávio Braga de Mesquita com congestionamento na mesma região.

Congestionamento na Avenida Manoel Isidoro Martins, na Cidade Martins e na Avenida Benjamin Harris Hunnicutt, na região do Cemitério Vila Rio.

18h45 – Linha intermunicipal 250 Guarulhos (Cocaia) – São Paulo (Metrô Penha):

17h15 – Informação da Secretaria de Transportes Metropolitanos em sua conta oficial no Twitter:

17h10 – Situação do trânsito em algumas vias de Guarulhos:

No bairro do Taboão, a Avenida Otávio Braga de Mesquita tem tráfego lento entre a Rua Manuel de Barros, antes do Atacadão, até a Praça Oito de Dezembro.

Na direção do Bairro, a Avenida Natália Zarif tem congestionamento na passagem pelo Terminal Metropolitano Taboão da EMTU  e pela Estação Guarulhos-Aeroporto da Linha 13-Jade da CPTM, até a Rua Jamil João Zarif.

Rua Jamil João Zarif tem lentidão entre a Praça 8 de Dezembro e a Avenida Natália Zarif.

16h50 – A EMTU informou em sua conta oficial no Twitter que a circulação das linhas de ônibus intermunicipais em Guarulhos está em processo de normalização. O aplicativo que a empresa sugere no tweet pode ser baixado para iOS ou Android.

15h40 – O João Rafael Pinheiro está circulando pelo Centro de Guarulhos:

15h35 – A Prefeitura de Arujá informou ao Diário do Transporte que a Viação Arujá se comprometeu em restabelecer a circulação dos ônibus na cidade na tarde desta sexta-feira, dia 10 de maio. Confira a nota:

“A Prefeitura está em contato com a empresa na tentativa de encontrar alternativas para os passageiros da cidade. A informação mais recente, cedida pela Viação Arujá às 14h30, é de de que todas as linhas municipais e intermunicipais operadas pela empresa voltaram a circular, porém com frota reduzida.

Ainda de acordo com a empresa, a greve afeta 21 mil passageiros, sendo 12 mil nas linhas intermunicipais e o restante nas municipais.”

15h30 – Linha intermunicipal 342 Guarulhos (Jardim Cumbica – Parque Brasília) – São Paulo (Metrô Armênia):

14h50 – Os primeiros ônibus voltam a circular aos poucos pelas ruas de Guarulhos e Região, segundo o Sindicato dos Motoristas e Cobradores, após a determinação do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo de retorno imediato dos motoristas e cobradores aos seus postos de trabalho. A normalização total dos serviços ainda vai demorar um tempo.

Após a realização da audiência de conciliação no Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo o Sindicato dos Motoristas e Cobradores divulgou uma nota sobre o que foi acordado com o Sindicato das Empresas de Ônibus.

Apesar da audiência de conciliação, considerada uma vitória pelo Sindicato dos Motoristas e Cobradores, o sindicato afirmou ao Guarulhos Web que a assembleia marcada para às 17h será mantida.

Confira abaixo a nota na íntegra:

“Em julgamento de greve, realizado no dia 10 de maio, às 10h, no Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo, com o desembargador vice-presidente judicial Rafael Pugliese Ribeiro, a Guaruset (Sindicato das Empresas de Ônibus) e o Sincoverg (Sindicato dos Motoristas e Cobradores), as trabalhadoras e trabalhadores de nossa categoria conquistaram uma vitória enorme.

Todos acompanharam as dificuldades durante as rodadas de negociação, os empresários queriam, a qualquer custo, implantar Banco de Horas, aplicar 4% de reajuste linear e acabar com a nossa Participação nos Lucros e Resultados.

Em todas as rodadas de negociação, nossa direção, através do presidente Maurício Brinquinho, apresentou dados reais e oficiais.

Foi com esses dados que fomos à audiência no Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo e, após explanação das duas partes, Guaruset (Sindicato das Empresas de Ônibus) e Sincoverg (Sindicato dos Motoristas e Cobradores), o desembargador Rafael Pugliese determinou o seguinte:

  • Aumento salarial linear de 5,07%;
  • Manutenção de todas as cláusulas de nossa Convenção Coletiva de Trabalho;
  • Participação nos Lucros e Resultados no valor de R$ 1.300,00;
  • Nenhum desconto ao trabalhador e trabalhadora na paralisação realizada hoje, 10 de maio;
  • Retorno, imediato, das trabalhadoras e trabalhadores para assegurar o transporte público nas cidades;

Essa vitória só foi possível graças a comprovação de todos os dados que os empresários apresentaram, provando o bom trabalho que essa direção realiza junto com a sua militância e categoria.”

Audiência realizada no Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo (Foto: Sincoverg/Sindicato dos Motoristas e Cobradores)

12h20 – O Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo determinou o fim da paralisação de motoristas e cobradores de ônibus e o retorno imediato da circulação dos ônibus na região de Guarulhos. Segundo o Diário do Transporte, uma audiência de conciliação foi realizada na manhã desta sexta-feira, 10 de maio, na sede do tribunal.

Segundo o Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo, sindicatos de trabalhadores e das empresas de ônibus concordaram em diversos pontos. Uma assembleia será realizada às 17h na sede do sindicato onde a categoria vai decidir se os trabalhadores retornam ao trabalho ou não ainda hoje.

A greve de ônibus na região de Guarulhos atinge cerca de 389 mil passageiros e afeta todas as linhas municipais e 119 linhas intermunicipais. Apenas os micro-ônibus de permissionários estão circulando na cidade.

Confira na íntegra a nota do desembargador Rafael Pugliese do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo:

“Audiência realizada hoje (10), envolvendo o sindicato patronal e dos empregados do transporte público de Guarulhos e região, suspendeu a greve dos trabalhadores do setor. O vice-presidente judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região, desembargador Rafael Pugliese, iniciou conciliação ontem (9), ainda como um acordo pré-processual, mas decidiu pela conversão em dissídio coletivo de greve. A medida foi tomada em razão do interesse público envolvido, afirma.

Os pontos da conciliação, sugeridos pelo magistrado, incluem aumento salarial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor ou de 5% (o que for maior); o não desconto das horas paradas em greve, mediante compensação; e manutenção das demais cláusulas da convenção anterior, com o mesmo reajuste aplicado ao salário, com exceção da Participação nos Lucros e Resultados, que manterá os mesmos valores praticados na norma anterior.

O Sincoverg (Sindicato dos Trabalhadores) se comprometeu a providenciar o imediato retorno de todos os trabalhos que assegurem o funcionamento regular do transporte público. Uma assembleia está marcada hoje, às 17h, para deliberar sobre os termos da conciliação. O julgamento será realizado na segunda-feira (13).”

11h55 – A Linha 13-Jade da CPTM está com operação especial na manhã desta sexta-feira, dia 10 de maio, para auxiliar os passageiros de Guarulhos chegar a capital paulista. O intervalo entre os trens foi reduzido de 20 para 10 minutos. O número de passageiros que embarcaram nas estações Guarulhos-Aeroporto e Guarulhos-Cecap aumentou cerca de 34%.

11h45 – Pelo monitoramento de trânsito do Waze mostra que a Avenida Paulo Faccini tem congestionamento na direção do Centro, entre a Rua Antônio José Romão Filho e a Avenida Tiradentes.

Avenida Tiradentes, tem congestionamento na direção do Bairro entre a Praça Getúlio Vargas e a Avenida Tiradentes. Na região central, as ruas Sete de Setembro, Capitão Gabriel e Felício Marcondes tem pontos de congestionamento.

10h45 – A reportagem do Guarulhos Web percorreu entre 6h e 8h, diversas regiões da cidade de Guarulhos, e constatou que a determinação judicial de manter 70% da frota na rua nos horários de pico não foi cumprida pelo Sindicato dos Motoristas de Cobradores.

A Prefeitura de Guarulhos informou que irá entrar com uma representação contra o Sindicato dos Motoristas de Cobradores pelo descumprimento da medida judicial que determinou a circulação mínima da frota durante a paralisação.

Em Guarulhos
Foto: Guarulhos Web

Nesta quinta-feira, dia 9 de maio, o Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo, determinou a circulação de 50% da frota durante a paralisação, sendo que 70% da frota deveria circular nos horários de pico.

10h20 – A Lilyan nos informou pelo nosso Twitter que passou pelo Metrô Armênia, não tem nenhum ônibus saindo para Guarulhos, apenas algumas lotações saindo para alguns bairros da cidade.

10h20 – A TV Diário de Mogi das Cruzes também informou que em Guarulhos, os passageiros aguardam pelos ônibus no Terminal de Pimentas. O local é ponto de partida de 25 linhas municipais e 7 intermunicipais. Os micro-ônibus que operam no bairro estão indo para o terminal, mas os bairros ficam descobertos. O transporte clandestino está atuando nos bairros com vans e motoristas de aplicativo cobrando mais pela passagem. No terminal não tem fiscais para informar passageiros ou sistema de som.

10h15 – A TV Diário de Mogi das Cruzes informou que em Arujá, os pontos de ônibus estão cheios desde as primeiras horas da manhã. Segundo o sindicato da categoria, 9 mil funcionários que trabalham em duas empresas que fazem o transporte coletivo na cidade estão em greve desde a meia-noite. A Transdutra faz as linhas que levam passageiros de Arujá para Guarulhos e também para alguns bairros de São Paulo. Já a Viação Arujá que além de fazer as linhas municipais também tem linhas intermunicipais para São Paulo, Santa Isabel, Mogi das Cruzes e Itaquaquecetuba. Desde às 5h, os passageiros não conseguem embarcar.

10h15 – Informação da EMTU divulgada em sua conta oficial no Twitter:

9h52 – O João Rafael Pinheiro passou pela Avenida Tiradentes:

9h35 – Informação do João Rafael Pinheiro:

9h30 – O Sincoverg (Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários no Transporte de Passageiros, Urbano, Suburbano, Metropolitano, Intermunicipal e Cargas Próprias de Guarulhos e Arujá em São Paulo) pede reposição integral da inflação com 5% de aumento real, pagamento de participação nos lucros, vale-refeição no valor de R$ 27,00, auxílio creche correspondente a 20% do salário do trabalhador e proibição da terceirização nas funções.

9h – Informações do Alex e do Apolinário pelo nosso Whatsapp:

8h55 – O Guarulhos Web esteve no Terminal Vila Galvão e observou muito mais passageiros do que o normal no terminal. No ponto de ônibus da Rua Eugênio Machado da Silva não tinha nenhum passageiro por volta de 7h20, este ponto costuma ficar lotado neste horário. Já na região central, os pontos de ônibus também estão vazios, o que não é normal para uma manhã comum.

Terminal Vila Galvão
Terminal Vila Galvão (Foto: Guarulhos Web)

8h55 – A reportagem do Guarulhos Web esteve no Terminal Cecap e muitos passageiros reclamaram da falta de ônibus em decorrência da greve. Um dos entrevistados disse que entre 6h e 7h10 esperou por algum ônibus no terminal, porém não apareceu e desistiu de ir ao trabalho.

8h50 – Para conseguir se locomover pela cidade, alguns passageiros que utilizam as linhas intermunicipais gerenciadas pela EMTU, estão usando as lotações. Na linha 578 Guarulhos (Vila Moreira) – São Paulo (Metrô Armênia), por volta das 6h30, somente as lotações estavam rodando, estas que estão operando com a capacidade máxima de passageiros.

8h45 – Linha intermunicipal 075 Arujá (Parque Rodrigo Barreto) – São Paulo (São Miguel Paulista):

8h35 – Pelo aplicativo da EMTU mostra que não tem nenhum veículo circulando na linha 588 São Paulo (Metrô Armênia) – Guarulhos (Vila Any).

8h20 – O Linhas Metropolitanas informa que a linha intermunicipal 219 São Paulo (Metrô Armênia) – Santa Isabel (Monte Serrat) está circulando.

8h15 – Uma opção para o passageiro saber se a sua linha intermunicipal está circulando é consultá-la em tempo real no aplicativo da EMTU, disponível para iOS e Android. Pelo aplicativo mostra a linha 175 São Paulo (Metrô Armênia) – Guarulhos (Cocaia) tem um veículo rodando no sentido Cocaia e cinco veículos rodando no sentido Metrô Armênia.

8h – Linha seletiva 427 Guarulhos (Parque Continental II) – São Paulo (Metrô Paraíso):

7h50 – Informações do João Rafael Pinheiro que está circulando pelas ruas de Guarulhos:

7h40 – O Daniel informou pelo nosso Whatsapp que tem alguns micro-ônibus rodando, mas alguns dos letreiros estão acesos (mostrando a linha/destino), já outros estão com letreiros apagados. Já alguns estão com letreiros que mostram a mensagem: “Boa Viagem” e depois mostra o destino. O Daniel complementa que o chefe dele foi buscar ele de carro pra ir pro trabalho, pois a linha municipal 702 Parque Alvorada – Praça da Saudade (via Jardim Alzira, Jardim Arapongas e Rodovia Ayrton Senna) não passou.

7h30 – Confira na íntegra a nota divulgada pela EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos):

“A EMTU/SP lamenta a paralisação anunciada pelo Sindicato dos Condutores de Veículos Rodoviários e Trabalhadores em Empresas de Transporte de Guarulhos e Região (Sincoverg) para esta sexta-feira (10). A ação pode prejudicar milhares de passageiros de ônibus que se deslocam diariamente de Guarulhos à capital e a municípios próximos.

Como gerenciadora e fiscalizadora do sistema intermunicipal, a EMTU/SP espera que o sindicato cumpra a determinação da Justiça do Trabalho publicada nesta quinta-feira (9) de colocar em circulação 70% da frota nos horários de pico e 50% nos demais horários.

Cabe salientar ainda que as operadoras podem ser autuadas caso deixem de cumprir os horários de partida determinados em contrato.

Para amenizar os prejuízos que a eventual paralisação pode causar à população, a Secretaria de Transportes Metropolitanos (STM) determinou que a CPTM amplie o número de viagens na Linha 13-Jade nesta sexta-feira (10). A Companhia vai aumentar o número de trens em circulação, o que vai reduzir o intervalo entre as composições de 20 para 15 minutos e aumentar a capacidade de transporte de passageiros de 7 mil para 10 mil por hora em cada sentido.

Se necessário, a EMTU/SP vai deslocar ônibus de outras linhas da região que tenham itinerário coincidente com as linhas paralisadas para auxiliar no deslocamento dos passageiros de Guarulhos aos destinos desejados.”

7h10 – Mais informações do João Rafael Pinheiro que está circulando pelas ruas de Guarulhos:

6h55 – O Guarulhos Web passou pelo Taboão e verificou que não há nenhum ônibus circulando no bairro, apesar da determinação da justiça que obriga as empresas colocarem 70% da frota nas ruas no horário de pico. Na cidade só tem os micro-ônibus, porém passam lotados.

Taboão ônibus
Foto: Guarulhos Web

6h55 – O João Rafael Pinheiro está circulando pelas ruas de Guarulhos e informa como está a situação:

6h50 – Segundo o portal G1, no Terminal Pimentas, cooperativas de micro-ônibus não aderiram à greve e estão operando. Motoristas e cobradores de ônibus da cidade de Arujá, também aderiram à greve.

6h47 – Informação do Leandro:

6h30 – Além das linhas municipais, 119 linhas de ônibus intermunicipais gerenciadas pela EMTU que saem ou que passam pela cidade de Guarulhos, aderiram à greve de motoristas e cobradores de ônibus. Informação da Rede Globo no telejornal Bom dia São Paulo.

6h20 – Nenhum ônibus circulando pela cidade, de acordo com os ouvintes da Rádio Trânsito FM. A Prefeitura de Guarulhos acionou um plano de emergência para atender os passageiros.

6h10 – Bom dia! Voltamos com a cobertura especial da greve de ônibus em Guarulhos. Acompanhe!

Quinta-feira, dia 9 de maio

23h50 – Por hoje encerramos a nossa cobertura sobre a greve de ônibus em Guarulhos. Voltaremos a atualizar as informações no início da manhã desta sexta-feira, dia 10 de maio.

23h45 – A EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) informou ao Guarulhos Web por meio de nota que “lamenta a paralisação anunciada pelo Sincoverg (Sindicato dos Motoristas e Cobradores). A ação pode prejudicar milhares de passageiros de ônibus que se deslocam diariamente de Guarulhos à capital paulista e municípios próximos”, conclui.

A EMTU ressaltou que espera que o sindicato cumpra a determinação judicial de colocar em circulação 70% da frota nos horários de pico e 50% nos demais horários.

23h35 – A Secretaria de Transportes Metropolitanos informou ao Guarulhos Web por meio de nota que determinou que a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) amplie o número de viagens na Linha 13-Jade nesta sexta-feira, dia 10 de maio, para minimizar os efeitos da paralisação de motoristas e cobradores de ônibus. A CPTM vai aumentar o número de trens de circulação na Linha 13-Jade, o que vai reduzir o intervalo entre as composições de 25 para 10 minutos e ampliar a capacidade de passageiros de 7 mil para 10 mil por hora em cada sentido da linha.

21h – A Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana da Prefeitura de Guarulhos já tem elaborado o sistema Paese (Plano de Atendimento entre Empresas de Transporte em Situação de Emergência), que deve atender a grande parte dos 367 mil passageiros que serão afetados pela greve de motoristas e cobradores que será realizada a partir da meia-noite desta sexta-feira, dia 10 de maio.

Entre as medidas emergenciais, a frota de micro-ônibus dos permissionários será reduzida e vai operar como ocorre aos sábados, exceto as linhas que terão funcionamento normal, como são os casos das linhas:

  • 486 Soberana – Terminal São João
  • 480 Parque Santos Dumont – Terminal Taboão
  • 785 Parque Piratininga – Terminal Pimentas
  • 383 Recreio São Jorge – Terminal Taboão
  • 488 Circular Aeroporto
  • 483 Marmelo – Terminal São João

No restante, toda a operação será regulada pela demanda de passageiros. Toda ela será dividida por eixos:

  • Parque Continental – Centro terá 11 veículos (intervalo de 7 minutos);
  • Terminal Pimentas – Cecap terá 18 veículos (intervalo de 7 minutos)
  • Cocaia – Centro terá 12 veículos (intervalo de 6 minutos);
  • Terminal São João – Cecap terá 15 veículos (intervalo de 6 minutos);
  • Terminal São João – Centro terá 17 veículos (intervalo de 7 minutos);
  • Eixo Vila Galvão – Centro terá 9 veículos (intervalo de 6 minutos);
  • Shopping Internacional – Centro terá 10 veículos (intervalo de 7 minutos);
  • Terminal Cecap – Centro terá 11 veículos (intervalo de 4 minutos);

20h30 – A reportagem do Guarulhos Hoje questionou a EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) sobre as linhas intermunicipais, a empresa informou que com a paralisação de motoristas e cobradores, tomará as medidas possíveis para minimizar o prejuízo dos passageiros nesta sexta-feira, dia 10 de maio. Guarulhos está inclusa na área 3 de concessão da empresa. “Cabe salientar que, por contrato, as operadoras podem ser autuadas caso deixem de cumprir os horários de partida determinados”, informou. O aplicativo Cittamobi, disponível para Android e iOS, é uma sugestão para o passageiro usar nesta sexta-feira, para saber se a sua linha de ônibus municipal ou intermunicipal estará circulando ou não.

17h – A greve de motoristas e cobradores de ônibus de Guarulhos está confirmada para iniciar à meia-noite desta sexta-feira, dia 10 de maio, conforme decisão do sindicato da categoria, na última segunda-feira, dia 6 de maio. A paralisação é por tempo indeterminado. Uma audiência de mediação foi marcada para a tarde desta quinta-feira, dia 9 de maio no Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo, entre o Sincoverg (Sindicato dos Motoristas e Cobradores) e o Guaruset (Sindicato das Empresas de Ônibus), mas o Sincoverg (Sindicato dos Motoristas e Cobradores) não compareceu. O Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo determinou que as concessionárias coloquem 50% da frota em circulação durante a paralisação, sendo que nos horários de pico deve aumentar para 70% da frota.

14h20 – O Sincoverg (Sindicato dos Motoristas e Cobradores) emitiu uma nota para a imprensa informando que tentará reagendar a audiência no Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo para esta sexta-feira, dia 10 de maio, mantendo a paralisação de motoristas e cobradores. “Como a notificação foi em cima da hora, nosso departamento jurídico está a caminho do Tribunal Regional do Trabalho para reagendar essa reunião para amanhã, dia 10 de maio, sexta-feira”.

12h15 – O Guaruset (Sindicato das Empresas de Ônibus) distribuiu uma nota para a imprensa na manhã desta quinta-feira, dia 9 de maio, onde informa “que está em atuando por meio de todas as medidas cabíveis a fim de encerrar as negociações coletivas com o Sincoverg (Sindicato dos Motoristas e Cobradores). Desta forma, em resultado aos esforços da entidade, o sindicato da categoria foi convocado para audiência de conciliação no início da tarde de hoje, dia 9 de maio, às 14h, a ser realizada no Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo. O Guaruset (Sindicato das Empresas de Ônibus) ressalta a importância da ocasião para dar andamento às negociações sindicais já iniciadas”.

11h – Está marcada para às 14h desta quinta-feira, dia 9 de maio, no Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo, uma audiência de mediação envolvendo o Sincoverg (Sindicato dos Motoristas e Cobradores) e o Guaruset (Sindicato das Empresas de Ônibus), a fim de que seja realizado um acordo para evitar a greve anunciada pelo Sincoverg (Sindicato dos Motoristas e Cobradores).

10h – A Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana da Prefeitura de Guarulhos anunciou um plano emergencial para atender os passageiros na greve desta sexta-feira, dia 10 de maio. Segundo a administração municipal, as empresas de ônibus terão de colocar nas ruas pelo menos 40% da frota para prestar serviço aos passageiros. O Paese (Plano de Atendimento entre Empresas de Transporte em Situação de Emergência) será acionado, os micro-ônibus dos permissionários, que prestam serviço dos bairros até os terminais de ônibus, irão estender o percurso para as principais avenidas e à região central, que normalmente são atendidas pelas concessionárias.

9h05 – O Guaruset (Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos e Metropolitanos de Passageiros de Guarulhos e Arujá) declarou ao Guarulhos Web que lamenta a decisão do Sincoverg em agendar a paralisação para esta sexta-feira, dia 10 de maio.

9h – A greve de ônibus em Guarulhos pode afetar 66 linhas de ônibus que atendem cerca de 367 mil passageiros por dia.

8h55 – Passageiros de ônibus de Guarulhos contaram ao Guarulhos Web que estão apreensivos com a paralisação, alguns contarão com a ajuda de parentes para se deslocar para seus compromissos e outros citam que os aplicativos de transporte cobram a chamada “tarifa dinâmica” em dias de greve no transporte coletivo.

8h45 – O Sincoverg (Sindicato dos Motoristas e Cobradores) considera a proposta de reajuste salarial “indecente”. “Ela sequer cobre a inflação acumulada de março e, ainda, querem aplicar maldades como a Criação do Banco de Horas e acabar com a Participação nos Lucros e Resultados. Os empresários deram às costas a todas trabalhadoras e trabalhadores e, por tabela, aos cidadãos que utilizam os coletivos. Mais uma vez querem colocar a a culpa na trabalhadora e no trabalhador, como se nós fossemos os responsáveis pela falta de gerenciamento das empresas”, disse o sindicato.

8h40 – O Sincoverg (Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários no Transporte de Passageiros, Urbano, Suburbano, Metropolitano, Intermunicipal e Cargas Próprias de Guarulhos e Arujá em São Paulo), que está em campanha salarial, agendou para esta sexta-feira, dia 10 de maio, a partir da meia-noite, uma paralisação de motoristas e cobradores de ônibus de Guarulhos.

Assembleia no Sindicato
Foto: Sincoverg (Sindicato dos Motoristas e Cobradores)

A decisão saiu na noite da última segunda-feira, dia 6 de maio, em assembleia realizada na Vila Progresso, durante a assembleia houve paralisação dos ônibus deixando os passageiros desatendidos no horário de pico. O sindicato não aceitou a proposta de reajuste salarial feita pelas empresas de ônibus.

8h – Bom dia! Acompanhe aqui as informações sobre a greve de ônibus em Guarulhos que acontecerá nesta sexta-feira, dia 10 de maio. Estaremos atualizando neste post especial as informações em tempo real. Acompanhe!

Mobilidade Sampa

Quer ficar informado sobre tudo o que acontece na mobilidade urbana de São Paulo e Região Metropolitana?

Então curta nossa página no Facebook.

Siga o @mobilidadesampa no Twitter.

Siga o @mobilidadesampa no Instagram.

Fique tranquilo. Não enviamos spam, a sua privacidade será respeitada e você poderá sair facilmente quando desejar.

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here