Em Santo André, sincronização semafórica será ampliada em 17 cruzamentos

Santo André possui 63 controladores de tráfego, que comandam tempo semafórico em 90 cruzamentos, por meio da Central de Monitoramento

22
sincronização semafórica
Foto: Alex Cavanha/Prefeitura de Santo André

Com a evolução da tecnologia, cada vez mais rápida e colaborativa, a Prefeitura de Santo André ampliará o monitoramento de tráfego com a sincronização semafórica em 17 novos cruzamentos.

A cidade conta com dois sistemas de monitoramento, sendo que um deles utiliza laços detectores instalados no solo e o outro, sensores controlados por câmera e fibra ótica, que possibilitam realizar ajustes e configurações personalizadas por meio de um software.

Hoje estão em funcionamento 63 controladores de tráfego, que monitoram e sincronizam todos os semáforos em 90 cruzamentos.

O trabalho de ampliação do sistema de sincronização semafórica teve início nesta segunda-feira, dia 1º de outubro, abrangendo o eixo da Avenida Dom Pedro II, desde a Rua Catequese, até a Rua das Caneleiras, incluindo as ruas Padre Manoel da Nóbrega e Padre Vieira.

Com a instalação, a “onda verde” dos semáforos estará presente nesta importante via e suas paralelas, na região central. A estimativa do Departamento de Engenharia de Tráfego é de um ganho de 25% a 30% no tempo de percurso nos locais onde os sistemas estão em funcionamento.

Os demais controladores de tráfego e de sincronização semafórica estão localizados nos principais corredores viários da cidade:

  • Avenida dos Estados, no trecho entre a Rua dos Alpes até a rotatória da Avenida da Paz;
  • Avenida Prestes Maia, entre a Rua das Silveiras até a Avenida dos Estados;
  • Avenida Santos Dumont, entre a Rua Guilherme Marconi e a Avenida Dom Pedro I;
  • Avenida Giovanni Batista Pirelli, no trecho da Praça XIV Bis até a Rua Manoel da Nóbrega;
  • Rua Coronel Seabra, entre a Rua Equador e a Rua Marquesa de Santos, além da Avenida Queirós dos Santos, Rua das Figueiras, Avenida XV de Novembro e Avenida Industrial;

Os sistemas de sincronização semafórica instalados na cidade realizam os cálculos de tempo mais adequados a cada ciclo (tempos de verde, amarelo e vermelho), reduzindo as esperas e os atrasos. Desta forma, aumenta-se a segurança, a redução nas emissões de poluentes e o consumo de combustível.

Na Central de Monitoramento há ainda a presença de operadores que controlam o funcionamento dos cruzamentos durante 24 horas por dia. Estes funcionários podem ainda alertar sobre intervenções, fazer alterações online nas programações semafóricas, além de armazenar dados históricos sobre a variação na demanda de veículos.

Notícias

Quer saber mais notícias da cidade de Santo André? Acesse a seção Notícias no site da Prefeitura de Santo André.

Deixe seu comentário