Falha de energia atrasa abertura de três linhas do Metrô

As linhas 11-Coral e 12-Safira da CPTM também tiveram complicações logo cedo.

310
Metrô estação barra funda linha 3
Plataforma da Estação Barra Funda da Linha 3-Vermelha por volta de 7h40 (Foto: Diário da CPTM)

O final da madrugada e o começo da manhã desta segunda-feira começaram com problemas no transporte público sobre trilhos na capital paulista. Uma falha no sistema de energização fez com que as estações de três linhas do Metrô abrissem mais tarde hoje. Isso porque, em virtude do problema, os sistemas de sinalização e controle foram afetados.

Na CPTM, problemas também afetaram os passageiros logo cedo. Falhas em equipamentos de via afetaram as linhas 11-Coral e 12-Safira, mas foram normalizados logo em seguida.

METRÔ

As estações das linhas 1-Azul, 2-Verde e 3- Vermelha que deveriam ter começado a operar às 4h40 da madrugada amanheceram fechadas e só abriram, gradativamente, após às 5h. Primeiramente as estações da linha 2-Verde foram abertas às 5h03, depois as estações da linha 3-Vermelha foram abertas às 5h08 e por último as estações da linha 1-Azul foram reabertas às 5h14.

Após a abertura das estações das três linhas ainda havia muitos reflexos. Os passageiros encontravam filas em algumas estações, plataformas cheias e em alguns trechos os trens circulavam com redução de velocidade. O sistema Paese (Plano de Atendimento entre Empresas de Transporte em Situação de Emergência), que é aquele serviço emergencial de ônibus, foi acionado.

A Estação Portuguesa-Tietê da linha 1-Azul estava lotada e os passageiros enfrentavam muitas dificuldades para chegar até a catraca. As escadas rolantes da estação tiveram que ser desligadas para controle de acesso. A Estação Corinthians-Itaquera da linha 3-Vermelha também estava lotada.

Na Estação Tamanduateí da linha 2-Verde os trens demoravam cerca de 10 minutos para aparecer. Na linha 1-Azul, 34 dos 43 trens circulavam.

Milton Gioia Júnior, diretor de operações do Metrô, informou para a reportagem do portal G1 que a linha 1-Azul permanecia com reflexos da oscilação de energia por volta das 7h30:

“A oscilação ocorreu, diversas oscilações, porém não no sistema Eletropaulo, no nosso sistema interno. Teve um problema e diversas oscilações da alimentação elétrica Nós estamos investigando, o que nós sabemos agora é que houve uma queda em todo o sistema de sinalização e contorno das três linhas. Já retomamos a operação normal da linha 2-Verde desde às 6h30 a frota completa, já retomamos a operação normal da linha 3-Vermelha, às 6h25 a frota completa estava circulando. Porém, um dos servidores do controle da linha 1-Azul queimou e nós estamos ingestando os trens de maneira manual, um pouco mais lenta. Por isso, a linha 1-Azul ainda tem problema”, afirmou.

A reportagem da Rádio Bandeirantes procurou a Eletropaulo para saber se houve algum apagão ou se a falha teve alguma relação com o sistema de fornecimento de energia, mas a companhia nega e informou que não houve nenhum tipo de relação.

Milton Gioia Júnior, também concedeu outra entrevista desta vez para a rádio Band News FM, afirmando que o sistema elétrico apresentou uma falha com oscilações de tensão. “Não foi com a Eletropaulo, foi com o nosso sistema. Nós estamos investigando, a equipe de manutenção está trabalhando para descobrir o que efetivamente aconteceu. Falhas similares a essa, nos 44 anos de operação comercial, se tivermos duas ou três é muito. É uma falha totalmente diferenciada”, afirmou.

MAIS FALHAS

Além da falha de energia, mais problemas aconteceram nas linhas 1-Azul e 3-Vermelha. Na linha 1-Azul, uma falha em trem gerou problemas na circulação dos trens entre 5h52 e 5h59.

Já na linha 3-Vermelha, uma falha em trem na Estação Tatuapé gerou problemas na circulação dos trens entre 7h07 e 7h15 e uma outra falha também em trem desta vez na Estação Brás gerou problemas na circulação dos trens entre 7h25 e 7h34.

DECLARAÇÃO DE OCORRÊNCIAS

O Metrô disponibilizou a Declaração de Ocorrências sobre os problemas registrados entre a madrugada e a manhã desta segunda-feira nas linhas 1 Azul, 2-Verde e 3-Vermelha em seu site oficial.

A declaração é útil para os passageiros que precisarem justificar o atraso na chegada ao trabalho, escola ou faculdade por exemplo. Você pode imprimi-la diretamente ou baixar o arquivo em PDF para enviar por e-mail por exemplo.

CPTM

Na CPTM, os problemas aconteceram nas linhas 11-Coral e 12-Safira provocando falhas nos equipamentos de via, em ambas as linhas. Em virtude disso, a circulação dos trens da linha 11-Coral ficou alterada entre as estações Luz e Guaianases das 4h40 às 5h20, já na linha 12-Safira a circulação dos trens ficou alterada entre as estações Brás e Calmon Viana também das 4h40 e 5h20.

Após as falhas serem resolvidas havia reflexos em ambas as linhas. Na Estação Guaianases da linha 11-Coral as filas para entrar na estação estavam enormes por volta das 7h, já na linha 12-Safira os trens circulavam com velocidade muito reduzida entre as estações São Miguel e USP Leste por volta das 7h40.

As demais estações das linhas 7-Rubi, 8-Diamante, 9-Esmeralda, 10-Turquesa e 13-Jade da CPTM abriram no horário convencional às 4h.

DECLARAÇÃO DE OCORRÊNCIAS

Assim como o Metrô, a CPTM também disponibilizou a Declaração de Ocorrências sobre os problemas registrados na madrugada desta segunda-feira nas linhas 11-Coral e 12-Safira em seu site oficial, procure por “Comunicado de Ocorrências”. Você também pode imprimi-la diretamente ou baixar o arquivo em PDF para enviar por e-mail.

STATUS DAS LINHAS

Para saber em tempo real a situação das linhas do Metrô e da CPTM você pode acessar a plataforma Direto dos Trens em diversos canais. Você pode acessar o site, receber as notificações pelo Telegram ou consultar as atualizações no Twitter. Uma ferramenta bastante útil para o dia a dia dos passageiros do transporte sobre trilhos.

MOBILIDADE SAMPA

Acompanhe o Mobilidade Sampa também nas redes sociais, siga no Twitter, siga no Instagram ou curta a página no Facebook.

Você também pode falar conosco enviando uma mensagem no Whatsapp (11) 96292-9448 ou pelo Telegram @mobilidadesampa. Quer enviar um e-mail? Envie para contato@mobilidadesampa.com.br.

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here