Linha 13-Jade: Dificuldades na primeira semana de horário comercial

0
43
linha 13-jade plataforma engenheiro goulart
Plataformas da Estação Engenheiro Goulart (Foto: Eduardo Silva)

Desde segunda-feira, dia 4 de junho, a Linha 13-Jade que liga a Estação Engenheiro Goulart à Estação Guarulhos-Aeroporto passou a funcionar em horário comercial das 4h à meia-noite, de domingo a sexta-feira, e das 4h à 1h, aos sábados.

Durante toda esta semana eu acompanhei o relato dos passageiros nas redes sociais sobre o funcionamento da nova linha em horário comercial e destaco abaixo os problemas enfrentados. Continue lendo.

Segunda-feira, dia 4 de junho

– O passageiro Fábio relatou pelo Twitter que no horário de pico da manhã, o percurso de trem entre as estações Engenheiro Goulart e Guarulhos-Aeroporto foi mais rápido do que a conexão dos ônibus da concessionária GRU Airport, responsável pela administração do Aeroporto de Guarulhos. O ônibus levou 30 minutos para fazer o trajeto da estação até o Terminal 3 do aeroporto. Ficou parado 20 minutos na estação, cheio como a lotação dos ônibus na hora do rush na capital paulista, depois ficou mais tempo parado nos terminais 1 e 2 até chegar no terminal 3.

– Os trens operavam com intervalo médio de 30 minutos entre as estações Engenheiro Goulart e Guarulhos-Aeroporto. Apesar de ter ampliado o serviço, apenas dois trens continuam disponíveis para o trajeto, um em cada sentido. Até o fim do mês, a previsão é que o intervalo seja de 20 minutos entre os trens nos horários de maior demanda de passageiros, informa a CPTM.

– Para quem vinha de Guarulhos e desembarcava na Estação Engenheiro Goulart da Linha 12-Safira foi praticamente impossível embarcar no horário de pico da manhã. A passageira Beatriz relatou no Twitter que “simplesmente não dá pra entrar nos trens da linha 12 porque eles já vem absolutamente lotados, convido a todos para presenciarem a cena, é bem bonito ver a luta diária do povo”.

trem lotado linha 12
A Beatriz ficou uma hora esperando pra ver conseguia embarcar no trem da linha 12-Safira na Estação Engenheiro Goulart, mas todos os trens vinham extremamente lotados, ela desistiu e procurou outra alternativa para chegar em São Paulo

– A CPTM chegou a colocar um serviço de Loop para tentar desafogar o acúmulo de passageiros que se formou na plataforma da Estação Engenheiro Goulart, com isso colocou trens para circular no trecho entre as estações Brás e Engenheiro Goulart, mas acontece que um novo problema surgiu. Para esse serviço funcionar, foi necessário diminuir a velocidade nos trens da linha 12-Safira, o que gerou atrasos em todo ramal, e consequentemente mais reclamações por parte dos passageiros.

– Uma viagem na Linha 12-Safira, sentido Brás, que costuma durar 40 minutos no período de pico da manhã, na manhã desta segunda-feira durava mais de 1 hora e 30 minutos, além disso com muita lentidão e extremamente lotada.

– Neste primeiro dia de operação, no aplicativo e no site oficial da CPTM em boa parte da manhã não atualizaram que a linha 13-Jade estava em funcionamento, quem acessava ambos os canais apresentava o status “Operação encerrada”.

fluxo na linha 13
Fluxo de passageiros baixo na Linha 13-Jade por volta de 7h15. A Linha 15-Prata do monotrilho também tinha fluxo baixo de passageiros no início da operação, mas ao longo dos meses foi aumentando. (Foto: Gustavo Bonfate)

– Por outro lado quem se dirigia de carro para o Aeroporto de Guarulhos encontrava muitas dificuldades nas rodovias Presidente Dutra e Hélio Smidt, conforme relatado nos tweets da Rádio Trânsito. É regra toda vez que for ao Aeroporto de Guarulhos de carro chegar com mínimo duas ou três horas de antecedência para evitar atrasos devido ao congestionamento nas rodovias.

– O João Rafael Pinheiro fez o trajeto de volta de São Paulo para Guarulhos no período da noite, confira os relatos dele nos tweets abaixo.

– A Tatiana Damaceno também fez o trajeto de volta de São Paulo para Guarulhos no período noturno, ela deixou seu relato no tweet abaixo.

Terça-feira, dia 5 de junho

– Na manhã desta terça-feira, o João Rafael Pinheiro, fez o trajeto de Guarulhos até São Paulo pela Linha 13-Jade e contou como foi a viagem nos tweets abaixo.

– Ao sair da Estação Guarulhos-Aeroporto para o lado oeste nas placas informativas a CPTM não colocou informações do acesso para o Terminal Taboão, apenas indica o nome das vias.

– A Jucy relata nos seus tweets abaixo como foi o trajeto de Guarulhos até o bairro da Vila Mariana no primeiro dia de funcionamento da linha em horário comercial e sobre a escuridão no Terminal Cecap.

– Abaixo foto do interior do trem da Linha 13-Jade aguardando partida para Guarulhos na Estação Engenheiro Goulart por volta das 8h30.

Quinta-feira, dia 7 de junho

– O perfil Linha 12-Safira e o passageiro Rogério relataram como foi a viagem de Poá para São Paulo pela linha 12-Safira no horário de pico da manhã nos tweets abaixo.

– Como já é habitual acontecer, a Rodovia Hélio Smidt sempre nos horários de pico para quem sai de São Paulo para o Aeroporto de Guarulhos utilizando carro particular, vive congestionada, sendo recomendável sair com horas de antecedência de casa para não se atrasar.

LEIA TAMBÉM

  • A reportagem do portal R7 testou o trajeto do Centro de São Paulo ao Aeroporto de Guarulhos e notou algumas falhas como sujeira, escada rolante inoperante e interrupções inesperadas durante a viagem, que durou 1 hora e 30 minutos a partir da região central. A reportagem também conversou com alguns passageiros a respeito do funcionamento da linha 13-Jade da CPTM.

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO