Prefeitura de São Bernardo do Campo assina convênio com programa Movimento Paulista de Segurança no Trânsito

Total de R$ 100 milhões, destinados para 67 cidades, tem o intuito de reduzir o número de vítimas fatais no trânsito

120
Foto: Ricardo Cassin

Na tarde desta quarta-feira (29/03), o prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando assinou o convênio com o Movimento Paulista de Segurança de Trânsito. O programa tem parcerias com órgão público e setor privado e tem a finalidade de reduzir pela metade o número de óbitos causados por acidentes até 2020, em todo o Estado. Realizado no Palácio dos Bandeirantes, o ato foi liderado pelo governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin.

“Primeiramente, identificamos onde estão ocorrendo essas mortes por acidentes, a localização, horário e tipo de acidente. E não será só o trabalho de levantar o problema. É uma parceria para agir juntos e resolver os problemas Pretendemos diminuir em 50%, ou mais, o número de mortes no trânsito”, disse Geraldo Alckmin.

Até o final de 2017 serão R$ 100 milhões destinados a 67 cidades, que abrangem 71% da população do Estado. O dinheiro proveniente de multas do Detran é destinado ao município como suporte financeiro para a criação de ações com foco na redução de acidentes fatais de trânsito, cuja cidade será responsável em promover as próprias políticas públicas para esse fim.

“Vamos acompanhar os dados disponibilizados pela internet, mês a mês, e vamos promover a educação de trânsito e trabalhar com a prevenção”, afirmou Orlando Morando.

O convênio tem a proposta da criação de um Comitê de Segurança de Trânsito com representantes dos setores das Polícias Militar e Civil, Setores da Engenharia de Tráfico, Unidades de Saúde e Hospitais, além de outros órgãos. O objetivo desta ação é a criação de analises e dados para soluções na redução dos acidentes. Os valores que cada cidade irá receber dependerão do estudo especifico de cada localidade.

O programa

O Movimento Paulista de Segurança de Trânsito é inspirado na “Década de Ação pela Segurança no Trânsito”, estabelecida pela Organização das Nações Unidas para o período de 2011 a 2020. Criado pelo Governo do Estado de São Paulo, o programa envolve a sociedade civil e tem patrocino de 12 empresas.

Deixe seu comentário