Paralisação de ônibus no ABC é encerrada

121
Foto: Suzantur Mauá

O Sintetra (Sindicato dos Rodoviários do Grande ABC) havia anunciado nesta terça-feira (14) a paralisação das linhas de ônibus municipais e intermunicipais do ABC para esta quarta-feira (15) entre 3h e 8h, em razão de protesto contra as reformas Trabalhista e da Previdência, proposta pelo Governo Federal.

Empresas como Mobibrasil, Tucuruvi, Urbana Santo André, EAOSA (Empresa Auto Ônibus Santo André), São Camilo, Parque das Nações e VIPE não colocaram os ônibus nas ruas entre 3h e 8h. Os veículos das empresas Viação ABC e Trans-Bus operaram normalmente neste horário.

A EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo) informou que na região do ABC, a paralisação envolveu 47 linhas metropolitanas que transportam no horário de pico da manhã aproximadamente 70 mil passageiros em uma frota de cerca de 330 ônibus metropolitanos.

Foto: Daniel Tossato

SANTO ANDRÉ

Em Santo André, os ônibus municipais deixaram as garagens antes das 8h da manhã, horário previsto para o fim da paralisação, que havia iniciado após à 3h. No Terminal Vila Luzita, os ônibus da Suzantur também estavam em processo de normalização.

Por volta de 6h30 alguns ônibus circulavam pelo Centro da cidade, o que desafogou os pontos de ônibus.

MAUÁ

Os ônibus da Suzantur, em Mauá, voltaram a circular após às 8h, não foram relatadas ocorrências graves.

SÃO BERNARDO DO CAMPO

Os motoristas das linhas municipais operadas pela empresa SBCTrans circularam normalmente, a categoria não aderiu a paralisação.

Alguns motoristas das linhas municipais relataram ao jornal Diário do Grande ABC que durante a madrugada já havia ônibus circulando pela cidade. No Terminal São Bernardo, no Centro, os pontos de ônibus estavam vazios e muitos passageiros disseram que não foram prejudicados pela paralisação.

DIADEMA

Em Diadema, os ônibus saíram das garagens apenas depois das 6h30. A paralisação gerou tumulto para os usuários que esperavam os coletivos. Os trólebus e ônibus da Metra operavam normalmente durante toda parte da manhã.

SÃO CAETANO DO SUL, RIBEIRÃO PIRES e RIO GRANDE DA SERRA

Nas cidades de São Caetano do Sul, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra não foram relatadas ocorrências graves envolvendo o protesto dos motoristas e cobradores de ônibus.

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here