Acompanhamento de obras da Linha 15-Prata do Monotrilho

1851
Estação Jardim Planalto (Foto: Metrô de São Paulo)

O Metrô de São Paulo divulgou novas imagens das obras em andamento da linha 15-Prata neste mês de março. Estão sendo construídas oito novas estações, na Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello (São Lucas, Camilo Haddad, Vila Tolstói e Vila União) e na Avenida Sapopemba (Jardim Planalto, Sapopemba, Fazenda da Juta e São Mateus).

A previsão do governo estadual é de entregar as novas estações em 2018, a entrega já sofreu inúmeros adiamentos, porém após o período em que foi preciso desviar o córrego Mooca que passava embaixo das futuras fundações das estações São Lucas, Camilo Haddad e Vila Tolstói, as obras estão em ritmo acelerado.

Atualmente a linha 15-Prata opera com duas estações (Oratório e Vila Prudente) com horário de funcionamento das 4h40 à 0h, todos os dias. Aos domingos, a linha vem sendo fechada entre 4h40 e 16h para testes no sistema de controle dos trens.

Confira as imagens das obras em andamento divulgadas pelo Metrô de São Paulo:

Estação Camilo Haddad
Estação Camilo Haddad
Estação Fazenda da Juta
Estação Fazenda da Juta
Estação Jardim Planalto
Estação Jardim Planalto
Estação Jardim Planalto
Estação Sapopemba
Estação Sapopemba
Estação São Lucas
Estação São Lucas
Estação São Lucas
Estação São Mateus
Estação São Mateus
Estação Vila Tolstói
Estação Vila Tolstói
Estação Vila União
Estação Vila União
Estação Vila União

Iniciativa privada

Na reunião do Conselho de Desestatização, realizada em dezembro de 2016, foi divulgado que a linha 15-Prata deverá ser concedida para a iniciativa privada em 2018. A apresentação da Secretaria dos Transportes Metropolitanos, detalhou parte do projeto, que prevê a operação, conservação e manutenção pelo vencedor da licitação, por meio do maior valor da concessão.

O consórcio vencedor receberá parte do pagamento da tarifa dos usuários, a estimativa é que a linha quando estiver completa atenda 500.000 passageiros/dia. A secretaria revelou que a Estação Iguatemi será acrescentada na conclusão das obras em andamento.

Chegada do monotrilho até a Cidade Tiradentes

Em agosto de 2015 o governo estadual anunciou o congelamento das obras no trecho entre as estações Iguatemi e Cidade Tiradentes, a Secretaria dos Transportes Metropolitanos esclareceu na época que a prioridade será “concluir os trechos que já possuem obras avançadas antes de abrir novas frentes de trabalho”.

O congelamento das obras das futuras estações Jequiriçá, Jacu-Pêssego, Érico Semer, Márcio Beck, Cidade Tiradentes e Hospital Cidade Tiradentes é atribuído a entraves por intervenções urbanas pendentes, desapropriações e questões ambientais. A duplicação da Avenida Ragueb Chohfi, que seria feita em parceria com a Prefeitura de São Paulo, é um dos problemas.

Leia também

Deixe seu comentário

comentários

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here