Mobilidade Urbana: Propostas do plano de governo de João Doria

631
Foto: Reprodução/TV Globo

João Doria foi eleito prefeito neste domingo em primeiro turno na cidade de São Paulo. O prefeito declarou que se dedicará unicamente à Prefeitura de São Paulo. “Quero deixar claro que estarei na frente da cidade pelos próximos quatro anos, fazendo uma boa gestão e trabalhando em dobro, por oito anos, pois sou contra a reeleição”.

Destacamos aqui algumas ds propostas do prefeito eleito para a mobilidade urbana em nossa cidade.

ÔNIBUS

Aprimorar o sistema de corredores de ônibus (com atributos de BRT – Bus Rapid Transit), o que possibilitaria, o aumento da velocidade nas pistas exclusivas. Criar linhas de ônibus interbairros, melhorar conforto dos ônibus, fazer concessões de faixas exclusivas de ônibus ao setor privado, ampliar linhas de ônibus noturnas, “modernizar” o bilhete único e conceder as empresas o direito de explorar publicidade e serviços de comunicação nos corredores de ônibus.

“Licitação dos ônibus é um tema que nós vamos olhar profundamente. Houve um acerto do prefeito Fernando Haddad de não levar adiante essa renovação agora. Vamos avaliar em que forma e por quanto tempo”, disse.

RADARES

“Readequar” o monitoramento por radares e integrá-los ao Detecta, do governo estadual.

A PÉ

Também pretende valorizar o deslocamento a pé, fazendo intervenções urbanas que facilitem a caminhada integrada com outros sistemas.

TÁXI E UBER

Respeitaremos os direitos dos taxistas, mas não é possível ser contra o Uber e aplicativos. Há espaço para todos. A regulamentação atual e o pagamento de impostos é um bom começo.

VELOCIDADE

A velocidade nas marginais Pinheiros e Tietê voltará a 90, 70 e 60 km/h. Nas demais ruas e avenidas, o atual limite será mantido e submetido a novos estudos. A sua gestão também promoverá campanhas de educação no trânsito.

CICLOVIAS

As ciclovias em canteiros centrais de avenidas serão mantidas e ampliadas. As que são prejudiciais ao comércio de rua deixarão de existir.

CALÇADAS

A prefeitura, por meio das Prefeituras Regionais (novas subprefeituras), chamará para si a responsabilidade. Reformaremos milhares de quilômetros de calçadas.

TRANSPORTES NÃO MOTORIZADOS

Promover campanhas de prevenção a acidentes e melhorar o sistema viário para pedestres.

Deixe seu comentário