São Paulo ganha primeiro aplicativo para táxis pretos

154

Com a recente unificação das tarifas de táxis em São Paulo, mais um serviço de transporte de passageiros ganhou as ruas da cidade. Batizado de Pontual Black, o aplicativo é o primeiro exclusivo para táxi preto, categoria mais luxuosa de transporte de passageiros.

Desenvolvido por uma empresa de rádio táxi, a Pontual Rádio Táxi, o aplicativo é um dos cinco que disputam a preferência de passageiros em São Paulo – já existem a 99, Easy, Cabify e Uber. “A proposta da empresa é oferecer aos passageiros um transporte de alto nível com um preço justo e atrativo, além de oferecer ao usuário uma opção de agendar viagens sem ter que pagar taxa adicional para isso”, disse Francisco Freitas, diretor financeiro da empresa.

No final do ano passado, a gestão Fernando Haddad criou 5.000 novos alvarás para categoria táxi preto para concorrer com o Uber Black – modelo mais luxuoso e mais caro do aplicativo que conecta motoristas particulares a passageiros.

A Pontual Rádio Táxi afirma já ter 500 motoristas cadastrados no novo aplicativo e a expectativa é chegar a 3.000 até dezembro. “Queremos ser o aplicativo dos táxis pretos em São Paulo. A vantagem para o motorista vem na forma de uma taxa administrativa fixa e bem menor do que as praticadas normalmente no mercado”, diz Francisco Freitas.

As chamadas pelo aplicativo, que já está disponível para download para Android e iOS, estão crescendo a cada dia. “O aplicativo ainda está em fase embrionária, mas em apenas duas semanas fizemos quase mil corridas e a expectativa é chegar a 250 mil pedidos por mês em seis meses”, diz Francisco Freitas.

AGENDAMENTO SEM CUSTO

Para superar seus concorrentes, a Pontual Black oferece desconto de 20% na viagem independentemente da quilometragem e é a única que oferece serviço de agendamento, sem custo adicional. “O passageiro agenda um horário pelo aplicativo e efetua o pagamento através do cartão de crédito/débito ou em dinheiro diretamente com o motorista”, disse Francisco Freitas. O desconto, segundo ele, não tem prazo para terminar.

“Ao usar o aplicativo, o passageiro pagará um preço mais barato que o táxi comum ao mesmo tempo em que estará em um carro de alto padrão, isto é, mais confortável, com wi-fi e com um motorista mais bem treinado e descansado”, afirma Francisco Freitas.

O diretor diz ainda que realiza um processo de treinamento mais rigoroso com os motoristas do aplicativo do que os concorrentes para dar mais segurança aos passageiros. “O aplicativo bloqueia automaticamente o motorista que se estiver mais de 12 horas conectado para garantir que ele descanse. Ele precisa ficar, no mínimo, 6 horas desconectado para depois voltar ao trabalho.”

Essa é a fórmula apresentada pela empresa para manter a qualidade e um preço justo, além de conseguir cumprir os agendamentos e se tornar um dos principais aplicativos de transporte. “A nossa maneira é você conseguir ter a melhor relação custo benefício, com garantia de ter carro com qualidade, segurança e conforto, e motoristas treinados e descansados.”

Fonte: Folha de São Paulo

Deixe seu comentário