ARTESP e concessionárias realizam mais de 130 ações de conscientização no trânsito

A ARTESP (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) e as 20 concessionárias que administram os 6,9 mil quilômetros de rodovias concedidas irão promover 132 atividades para conscientização de motoristas de veículos de passeio, caminhões e ônibus, além de motociclistas, ciclistas e pedestres. As ações marcam a Semana Nacional de Trânsito, de 18 a 25 de setembro. A programação prevista tem o objetivo de conscientizar o cidadão de sua responsabilidade no trânsito e vai extrapolar o período oficial do evento, com atividades realizadas desde o dia 1º de setembro. Outras irão acontecer depois do dia 25, inclusive em outubro. O tema da Semana Nacional de Trânsito é “Eu sou + 1 por um trânsito + seguro”.

As atividades promovidas pelas 20 concessionárias sob supervisão da ARTESP vão desde a distribuição de material educativo (folders e panfletos, entre outros) nos pedágios até a realização de palestras sobre trânsito seguro, passando por ações destinadas a um segmento específico de usuário. Para os caminhoneiros haverá atividades com objetivo de alertar para os riscos de dirigir cansado ou sob o efeito de drogas. Para os pedestres, principalmente os moradores vizinhos às rodovias, várias ações estarão voltadas para reforçar a necessidade de utilização da passarela.

Haverá, ainda, a distribuição de adesivos refletivos por algumas concessionárias em ações específicas para ciclistas e motociclistas. O Simulador de Impacto da ARTESP – equipamento que simula a batida de um veículo a 5 km/h – será utilizado em parte dos eventos de algumas das concessionárias. O equipamento é, desde o ano passado, uma das principais ferramentas da ARTESP para demonstrar a importância do uso do cinto de segurança já que, ao experimentar a sensação de uma batida a baixa velocidade, o usuário passa a ter noção do que é uma batida com um maior impacto e os danos que isso poderia causar.

Veja abaixo resumo das atividades previstas e o contato das concessionárias:

Redução de acidentes

A participação da ARTESP e das concessionárias que administram as rodovias paulistas em campanhas como a Semana Nacional de Trânsito, assim como os investimentos que têm sido feitos na malha são responsáveis pela redução significativa no índice de mortos nas estradas sob concessão. Entre 2010 e 2015, o índice de mortos na malha concedida caiu 51,7% nas rodovias da primeira etapa do Programa de Concessão Rodoviária do Estado. Considerando a malha atual, a queda no número de mortes apenas no primeiro semestre deste ano foi de 4,4% na comparação com o mesmo período de 2015, passando de 429 para 410. As ações implementadas pelas concessionárias reduziram não apenas as mortes, mas também a quantidade de feridos. No primeiro semestre deste ano verificou-se redução de 3,6% no número de vítimas feridas, passando de 8.693 no primeiro semestre de 2015 para 8.383 no mesmo período deste ano.

Desde 2000, a ARTESP desenvolve anualmente junto as concessionárias e a Polícia Militar Rodoviária o Programa de Redução de Acidentes. Nos 12 primeiros anos, o Programa de Redução de Acidentes reduziu em quase 50% o índice de mortes nas rodovias concedidas da 1ª etapa do Programa de Concessões, chegando antecipadamente bem próximo da meta que havia sido traçada para 2020. Com isso, a ARTESP traçou uma nova meta para as concessionárias: reduzir até 2020 pela metade o número bruto de mortos registrado em 2010 – acompanhando, assim, a meta da Organização das Nações Unidas criada para a Década de Ação para o Trânsito Seguro (2011-2020). Além disso, a ARTESP também estabeleceu a diminuição do número de feridos em 20% como um dos focos do programa.

Deixe um comentário