Engenheiro da Trensurb é premiado em evento de tecnologia metroferroviária

83
Engenheiro Guilherme Campos e o diretor-presidente da Trensurb, Humberto Kasper. (Foto: Mariana Neves/ANPTrilhos)

O engenheiro ambiental da Trensurb, Guilherme Campos, foi um dos vencedores do 3º Prêmio de Tecnologia e Desenvolvimento Metroferroviários ANPTrilhos/CBTU. Seu projeto de espacialização de dados foi o primeiro colocado na categoria que compreendeu os temas: políticas públicas; planejamento urbano; financiamento (funding); gestão de empreendimentos de transporte; tarifas e custeio do serviço. A premiação ocorreu na abertura da 22ª Semana de Tecnologia Metroferroviária da Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Metrô (AEAMESP), que ocorre entre 13 e 16 de setembro, em São Paulo.

O trabalho de Guilherme Campos consiste em um sistema de informações geográficas para espacialização de dados da pesquisa de satisfação dos usuários do metrô gaúcho. Propõe-se a integração de dados da empresa em um mapa da via de forma a localizar geograficamente cada informação. Isso pode ser feito por meio de programas gratuitos e com imagens coletadas da internet para a criação do mapa.

Os dados da pesquisa de satisfação realizada anualmente pela Trensurb foram utilizados na proposta do engenheiro. Com essas informações aplicadas a um mapa, é possível observar onde cada uma delas foi coletada. “Podemos cruzar informações e ver em qual estação, por exemplo, os usuários definem que a segurança é melhor”, explica.

Para Guilherme Campos, o reconhecimento “é uma honra da maior importância. Não só pela realização pessoal e profissional, mas pelo reconhecimento de toda a energia e esforço empenhados no desenvolvimento da pesquisa”. Ele completa afirmando que, como empregado de uma empresa estatal, sente ter “o dever de contribuir com o melhoramento contínuo do sistema”.

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here