Comércio ambulante no Metrô de São Paulo

132
Metrô de São Paulo abertura
Foto: Reprodução
Publicidade

A cada trimestre o Metrô de São Paulo realiza uma reunião com blogueiros e influenciadores digitais para tratar de assuntos gerais da companhia e nesta semana estivemos participando, um dos assuntos mais polêmicos e comentados foi a presença do comércio ambulante nos trens e nas estações.

A companhia afirma que já está com um projeto para agilizar o combate a esta prática e ressalta que nas estações o comércio irregular é proibido e dentro dos trens a culpa meio que “foi jogada para os usuários” por adquirirem os produtos.

“Não podemos colocar os operadores dentro de todos os trens e a prioridade é fazer o trem circular e não pra ficar parado mais tempo na plataforma por conta do combate ao comércio irregular”, disse o diretor de operações, Mário Fioratti Filho.

Um dos pontos polêmicos foi a presença de ambulantes na transferência da Estação Luz entre as linhas 1-Azul do Metrô, 4-Amarela da ViaQuatro e as duas linhas da CPTM (7-Rubi e 11-Coral), a segurança de cada companhia fica em sua área restrita e quando o ambulante adentra outra área, a segurança da companhia não pode adentrar em outra área, ou seja, os seguranças da ViaQuatro não podem circular dentro do “território” do Metrô e vice-versa.

Para denunciar o comércio ambulante nos trens e estações do Metrô a companhia solicita enviar um SMS para o número 97333-2252 informando as características das pessoas e local. Já nos trens e estações da CPTM o número do SMS é o 97150-4949. Nos trens e estações da ViaQuatro, administradora da Linha 4-Amarela, eles disponibilizam o telefone 0800-770-7100 para denúncias.

Deixe seu comentário

comentários

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here