Greve de motoristas e cobradores de ônibus da empresa EAOSA no ABC

826
EAOSA
Foto: Adamo Bazani

Cerca de 14 mil usuários de ônibus intermunicipais do ABC, na região metropolitana, enfrentam uma greve de motoristas e cobradores desde às 16h30 de ontem (11). Os funcionários da empresa EAOSA (Empresa Auto Ônibus Santo André) estão sem receber salários, a paralisação afeta nove linhas: 143, 158, 159, 160, 382, 400, 403, 158Bl1, 160EX1, 382EX1 e 400EX1. A paralisação é por tempo indeterminado, conforme informações do Sintetra (Sindicato dos Rodoviários do Grande ABC).

Os trabalhadores decidiram a paralisação em assembleia, por conta de atraso no pagamento. “Era pra ter pago dia 5. Pediram para os funcionários esperarem até quarta, dia 10, mas a empresa não pagou e decidimos parar até recebermos o dinheiro”, disse Erivan Vicente de Moura, diretor da subsede do Sindicato dos Rodoviários do Grande ABC de Mauá.

Alternativas aos usuários

A EMTU/SP está acompanhando o desdobramento da paralisação e determinou às empresas Ribeirão Pires e Rigras reforço da frota de linhas com itinerário coincidente aos serviços paralisados, de modo a garantir transporte aos usuários.

As linhas reforçadas são: 040, 040EX1, 063, 063EX1, 064 e 177, da Viação Ribeirão Pires, e a 336, da Rigras. Além disso, a EMTU/SP recomenda aos usuários a utilização de serviços municipais e da linha 10-Turquesa da CPTM, que atende aos municípios de São Caetano, Santo André, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra.

EAOSA

O proprietário da Empresa Auto Ônibus Santo André (EAOSA), Baltazar José de Souza, afirmou ontem, dia 11, que não tem receita para efetuar os pagamentos e atribuiu a suposta crise financeira da empresa ao Passe Livre, benefício concedido aos estudantes pela EMTU. “Não dá pra cobrir essas despesas, vou cortar Vale Transporte, Vale Refeição e convênio médico. Quem não quiser trabalhar, que peça as contas”, disse. O empresário afirmou ainda que nesta sexta-feira (12/08), os pagamentos aos trabalhadores serão efetuados.

* Atualização: 08h14

Deixe seu comentário