Exposições “Beatles” e “Rio de paz: nunca me calarei” são novidades na “Linha da Cultura” do Metrô

245
Exposição Cultura Metrô Roteiro cultural
Foto: Divulgação

Neste mês de agosto, a “Linha da Cultura” do Metrô traz opções de lazer e entretenimento para quem procura alternativas ao espírito olímpico e oferece exposições, apresentações musicais e peça teatral como maiores atrações, em várias estações.

Para abrir a programação cultural, no próximo dia 3, usuários do Metrô podem assistir à peça Miragaya, na estação Santa Cecília, da Linha 3-Vermelha. A obra conta a história de dois amantes que se distanciam por causa de divergências ideológicas e se reencontram novamente, mudando o rumo das suas vidas.

Os fãs da banda The Beatles podem se deliciar com 20 imagens marcantes que retratam os principais momentos da carreira do famosíssimo conjunto inglês de rock. A exposição “Beatles: uma incrível história de sucesso por meio de imagens” estará na estação República, da Linha 3-Vermelha, do dia 10 ao dia 31.

A exposição “Rio de paz: nunca me calarei” é destaque na estação Luz, da Linha 3-Vermelha, de 5 a 25 de agosto. De autoria do fotógrafo carioca Márcio Freitas, a mostra retrata a angústia de mulheres que foram vítimas de violência doméstica.

Na estação Sé, da Linha 3-Vermelha, apreciadores de caricaturas podem curtir, de 10 a 31 de agosto, a mostra “Na Linha do Humor”, que traz uma seleção de 29 caricaturas de artistas, políticos e celebridades. As obras foram expostas na 42ª edição do Salão de Humor de Piracicaba de 2015.

No dia 16, às 12h, admiradores de boa música podem escutar trechos da ópera Der Schauspieldirektor, na estação Marechal Deodoro, da Linha 3-Vermelha. Na mesma estação, também pode-se observar a “Vitrine de Figurinos de Óperas”, que neste mês tem a vestimenta da soprano Daniella Carvalho usada na ópera “Adriana Lecouvreusr”, exposta até o dia 31.

A partir do dia 10, “Reciclando ideias” entra em cartaz na estação Tatuapé, na Linha 3-Vermelha. A mostra reúne cinco artistas brasileiros que transformam materiais recicláveis em arte. Entre as obras estão os quadros feitos com tampinhas de garrafas, com destaque para e a transformação de metal em grandes esculturas e objetos de decoração.

Inspirado em fotografias de manchas e borrões presentes no concreto de paredes das estações do Metrô, o artista plástico Sérgio Yashima pinta quadros sobre a natureza. Dentro do tema crise hídrica, o artista fotografou paredes da Linha 5-Lilás e realizou uma série de obras focadas na importância da água. A exposição “Sustentação” fica em cartaz na estação Sacomã, da Linha 2-Verde, de 10 a 31 deste mês.

E para aguçar lembranças musicais, a exposição “Dança das Cores” fica na estação Trianon-Masp, da Linha 2-Verde, com 12 telas que remetem os visitantes aos movimentos artísticos próprios da dança.

A programação completa da “Linha da Cultura” do Metrô está disponível em http://www.metro.sp.gov.br/cultura/linhacultura/programacao.aspx

Deixe seu comentário