CET atinge a marca de 715 paraciclos instalados na cidade

Com 72 novas implantações no último mês, a média mensal praticamente dobrou

98
Foto: César Ogata/SECOM

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) implantou na última semana, entre 23 e 30 de maio, mais 17 paraciclos na cidade. Paraciclos são suportes para a fixação de bicicletas, que podem ser instalados em áreas públicas ou privadas, como parte integrante do Sistema Cicloviário.

Entre fevereiro de 2015 e 27 de abril deste ano foram instalados 643 paraciclos na cidade, uma média de 42 aparelhos por mês. Desde quando foi intensificada a instalação em 27 de abril, 72 novos paraciclos foram implantados em 59 locais, fazendo a média quase dobrou. A cidade agora conta com 715 paraciclos, distribuídos da seguinte forma:

Em vias públicas = 524 paraciclos em 380 locais;

Em Bibliotecas Municipais e Centros Culturais = 113 paraciclos em 36 locais;

Em prédios da CET = 78 paraciclos em 16 locais;

Na última semana, a Avenida Jabaquara foi a via que concentrou o recebimento de equipamentos.

Cumprindo o estabelecido pela Política Nacional de Mobilidade Urbana, a Prefeitura de São Paulo está implantando uma Rede Estrutural Cicloviária, visando favorecer a mobilidade urbana e priorizar o transporte individual não motorizado. A instalação de paraciclos é parte da montagem desta estrutura. Além de estimular o uso da bicicleta como meio de transporte sustentável, os paraciclos em diversos pontos da cidade vêm atender à crescente demanda deste modal. Esta ação visa promover conforto e segurança ao ciclista, oferecendo infraestrutura adequada para estacionar sua bicicleta ao atingir o seu destino final.

Confira aqui a relação de locais de instalação de paraciclos no último mês.

A cidade de São Paulo conta hoje com 414,5 km de vias destinadas aos ciclistas. Do total da infraestrutura cicloviária existente na cidade, a atual gestão inaugurou 317,9 km desde junho de 2014. Antes, São Paulo possuía 64,7 km de ciclovias e 31,9 km de ciclorrotas.

Deixe seu comentário