Prefeitura de São Paulo abre 8,5 quilômetros de novas ciclovias

Os ciclistas da Capital passaram a contar desde a última quarta-feira (20) com novos 8,5 quilômetros de vias exclusivas para bicicletas, nas regiões da Ponte Pequena, Largo do Paissandu, Mooca, Mandaqui, Bela Vista e Paraíso. Com esses novos trechos, São Paulo passa a contar com 410,3 quilômetros de ciclovias em todas as regiões da cidade. Desde junho de 2014, a atual gestão inaugurou 313,7 km de ciclovias. Antes, São Paulo possuía 64,7 km.

O maior trecho foi aberto na Água Rasa, na zona leste. Com três quilômetros de extensão, a ciclovia percorre as ruas Jaibarás, Taquari, Siqueira Bueno, Barão de Penedo, Serra de Jairé e as avenidas Álvaro Ramos e Regente Feijó. Veja abaixo detalhes do trajeto.

O percurso da ciclovia é bidirecional, ao lado da calçada em toda sua extensão. Na demarcação estão sendo usados, aproximadamente, 7.250 metros quadrados de sinalização horizontal, 101 placas de trânsito indicando “Circulação exclusiva de bicicletas”, 194 placas de regulamentação e advertência e 735 tachas e tachões.

Centro

Na região central, foram abertos 2,7 quilômetros de vias para bicicletas na Bela Vista, interligadas à ciclovia da avenida Paulista e à ciclovia Doutor Rafael de Barros. O trecho conecta pontos de interesse turístico, cultural e econômico da cidade.

Grande parte do percurso na Bela Vista é bidirecional e passa ao lado das calcadas das ruas Santo Antônio, Abolição, Humaitá, Martiniano de Carvalho e da praça Amadeu Amaral. A ciclovia fica unidirecional apenas no trecho da rua Treze de Maio, entre a praça Amadeu Amaral e a avenida Paulista. Para demarcar o trajeto foram utilizados cerca de 6.700 metros quadrados de sinalização horizontal, além de 210 placas de trânsito, regulamentação e advertência.

Também no Centro, foram abertos 400 metros de ciclovia bidirecional no Largo do Paissandu, em conexão entre as ciclovias da rua Conselheiro Crispiniano e da avenida Cásper Líbero e permitindo o acesso ao terminal de ônibus Correio.

Um segundo trecho, com 100 metros de extensão, foi implantado na praça Soldado José Barbosa de Andrade, entre a rua Pedro Vicente e a avenida Tiradentes. O percurso é bidirecional e faz a conexão entre a ciclovia da rua Pedro Vicente e a estação do metrô Armênia. Nesta região, a Companhia de Engenharia de Tráfego realizou adequações no cruzamento com a avenida do Estado, com o objetivo de melhorar as condições de segurança para a travessia de pedestres e ciclistas.

Conexão Paulista-Ibirapuera

Um novo trecho 1,9 quilômetro de ciclovia na região do Paraíso, zona sul, permite e interligação da região da avenida Paulista com o Parque Ibirapuera e os bairros Jardim Paulista, Bela Vista, Paraíso, Liberdade, Vila Mariana e Centro.

O percurso é bidirecional e passa ao lado da calçada das ruas Doutor Rafael de Barros, Tutóia, e Manuel da Nóbrega. Para reforçar as condições de segurança na travessia de pedestres e ciclistas, foi instalada sinalização com semáforo no cruzamento das ruas Dr. Rafael de Barros e Coronel Oscar Porto.

Mandaqui

Na zona norte, a avenida Mandaqui ganhou 400 metros de ciclovia entre a avenida Engenheiro Caetano Álvares e a travessa Capuá, na região do bairro do Limão.

Com esse novo trecho, os ciclistas podem fazer conexão com as vias para bicicletas na avenida Engenheiro Caetano Álvares e na rua Coronel Mario de Azevedo. O percurso é bidirecional, ao lado da calçada. Na demarcação foram utilizados cerca de 1.250 metros quadrados de sinalização horizontal e 34 placas de trânsito.

Trajetos

Ciclovia Água Rasa

• Rua Jaibarás, entre a entrada do Parque da Mooca e a Rua Taquari;
• Rua Taquari, entre as ruas Jaibarás e Siqueira Bueno;
• Rua Siqueira Bueno, entre as ruas Taquari e Barão de Penedo;
• Rua Barão de Penedo, entre as ruas Siqueira Bueno e Serra de Jairé;
• Rua Serra de Jairé, entre a Rua Barão de Penedo e a Avenida Álvaro Ramos;
• Avenida Álvaro Ramos, entre a Rua Serra de Jairé e a Avenida Regente Feijó;
• Avenida Regente Feijó, entre a Avenida Álvaro Ramos e a Rua Guarapeva.

Bela Vista

• Rua Santo Antônio, entre proximidades da Praça da Bandeira e Rua Abolição;
• Rua Abolição, entre as ruas Santo Antônio e Jaceguai;
• Rua Humaitá, entre as ruas Jaceguai e Martiniano de Carvalho;
• Rua Martiniano de Carvalho, entre a Rua Humaitá e a Praça Amadeu Amaral;
• Praça Amadeu Amaral, entre as ruas Martiniano de Carvalho e Treze de Maio;
• Rua Treze de Maio, entre a Praça Amadeu Amaral e a Avenida Paulista – unidirecional ao lado do canteiro central.

Região Central

• Avenida São João, entre as ruas Conselheiro Crispiniano e Antonio de Godói;
• Rua Antonio de Godói, entre as avenidas São João e Rio Branco;
• Rua do Seminário, entre a Avenida Cásper Líbero e a Praça do Correio.

Conexão Paulista-Ibirapuera

• Rua Doutor Rafael de Barros, entre as ruas Desembargador Eliseu Guilherme e Tutóia;
• Rua Tutóia, entre nas ruas Dr. Rafael de Barros e Manuel da Nóbrega;
• Rua Manuel da Nóbrega, entre as ruas Tutóia e Paulino Camasmie.

Ciclovias Bela Vista e Centro

Fotos: Fábio Arantes/Secom

Deixe um comentário