Falha no sistema de energia provoca paralisação em trecho da Linha 11- Coral da CPTM

Os passageiros da Linha 11-Coral da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) enfrentaram problemas nesta sexta-feira (19).

Por causa das fortes chuvas e muitos raios nas regiões de Itaquera e Guaianases, o pantógrafo de um trem série 4400 na saída da estação Guaianases danificou a rede aérea. Logo depois, a subestação na região da estação Itaquera desarmou e o trecho ficou sem energia. Por conta deste problema, por volta de 15h a circulação dos trens ficou interrompida entre as estações Tatuapé e Antônio Gianetti. Os trens que ficaram no trecho foram rebocados para a oficina. Os trens da linha 11 circularam somente entre as estações Luz e Tatuapé (Expresso Leste) e entre as estações Antônio Gianetti Neto e Estudantes.

Os intervalos entre os trens nestes trechos estavam maiores do que o habitual. Passageiros enfrentaram filas e tumulto para embarcar nas estações. A integração entre o Metrô e a CPTM na estação Itaquera foi liberada entre 17h e 20h, onde neste horário geralmente é cobrada a tarifa nesta transferência.

Para compensar a falha no trecho de grande extensão, a CPTM acionou o sistema de ônibus Paese para transportar os passageiros entre as estações Tatuapé e Antônio Gianetti Neto. Nas estações Itaquera e Tatuapé as filas para embarcar nos ônibus eram enormes, aumentando o tempo de espera.

A circulação dos trens entre as estações Tatuapé e Guaianases da Linha 11-Coral foi restabelecida às 23h00. Porém o trecho entre as estações Guaianases e Antônio Gianetti ficou interrompido até o final da operação.

Terminal Itaquera (Foto: Daniele Farias)

Linha 12-Safira

Por volta de 15h40, os trens da Linha 12-Safira circulavam com velocidade reduzida e maior tempo de parada, por conta da queda de um raio, que atingiu a rede aérea, no trecho entre as estações Brás e Calmon Viana. Após às 17h a circulação foi regularizada.

Deixe um comentário