Avenida do Estado terá faixa exclusiva a partir desta segunda-feira, dia 1º

A partir desta segunda-feira (01/02), a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e a São Paulo Transporte (SPTrans) implantam 2,0 km de faixa exclusiva para ônibus na Avenida do Estado. A nova faixa vai beneficiar 46mil pessoas por dia que utilizam linhas municipais que circulam pela avenida.

A implantação da faixa exclusiva na Avenida do Estado ocorrerá no:

Sentido Centro – Faixa exclusiva à direita, entre a Praça Palmira Teixeira e a Rua da Mooca, com funcionamento em período integral.

Sentido Bairro – Faixa exclusiva à direita, entre a Rua Luís Gama e a Avenida Dom Pedro I, com funcionamento em período integral.

A ativação está inserida na Operação Dá Licença Para o Ônibus, cujo objetivo é priorizar a circulação do transporte coletivo, contribuindo para a melhoria do desempenho dos ônibus nos corredores. Com isto, busca-se a redução dos tempos de viagens com padrões de eficiência, conforto e segurança para os usuários do transporte público.

Com estes 2,0 km somados aos 3,8 km nas avenidas Giovanni Gronchi, Jules Rimet e Padre Lebret, também implantada a partir de 01/02, a malha viabilizada pela atual gestão chegará a 490,8 km de faixas exclusivas para ônibus na capital paulista.

População beneficiada

Por este trecho da Avenida do Estado, no sentido Centro, circulam 7 linhas de ônibus municipais, numa frequência de 27 ônibus/hora, transportando uma média de 28 mil pessoas por dia; no sentido Bairro circulam 9 linhas de ônibus municipais, numa frequência de 40 ônibus/hora, que transportam 46 mil pessoas por dia, em média.

Alterações no sistema viário

Não estão previstas alterações de circulação em função da implantação da faixa exclusiva.

Fiscalização

A ativação da nova faixa exclusiva terá um período de adaptação de duas semanas, quando os agentes de trânsito irão orientar os motoristas para não invadirem o espaço nos horários definidos para a exclusividade dos ônibus. A partir de 15/02, começam as autuações a quem desrespeitar a nova faixa exclusiva. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), transitar na faixa exclusiva de ônibus é uma infração gravíssima, com perda de 7 pontos na habilitação e multa de R$ 191,54.

Independente disso, a orientação é para que todos os motoristas respeitem a faixa exclusiva desde o início da implantação da mesma.

A Engenharia de Campo da CET irá acompanhar o desempenho da nova faixa exclusiva, visando melhorar as condições de trânsito e preservar a segurança viária de todos os usuários.

Fale com a CET – Ligue 1188. Atende 24 horas por dia para informações de trânsito, ocorrências, reclamações, remoções e sugestões.

Deixe um comentário