Circulação de trens de carga é liberada na Estação da Luz após incêndio

Plataforma para passageiros foi reaberta na quinta-feira (31) em SP. Entrada principal está fechada, mas há outros acessos disponíveis.

177

A passagem de trens de carga pela Estação da Luz, no Centro de São Paulo, foi liberada pela Defesa Civil nesta segunda-feira, dia 4 de janeiro.

A circulação estava proibida desde o dia 21 de dezembro, quando o prédio histórico foi atingido por um incêndio. O fogo também destruiu o Museu da Língua Portuguesa, que fazia parte do complexo.

A liberação da circulação dos trens de carga dependia de testes de vibração feitos por técnicos do Instituto de Pesquisas Tecnológicas. No domingo, dia 3 de janeiro, a Defesa Civil recebeu o relatório, que confirmou não haver risco de desabamento.

Na quinta-feira, dia 31 de dezembro, a estação foi reaberta aos passageiros de trens e metrô depois da análise do Instituto de Pesquisas Tecnológicas e da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos).

Um bombeiro civil morreu no incêndio. As causas do fogo estão sendo apuradas. Uma das hipóteses é que ele foi causado por um curto-circuito. O Governo do Estado de São Paulo não deu previsão para a reconstrução do Museu da Língua Portuguesa.

Deixe seu comentário