Motoristas e cobradores das viações Atual e Campo dos Ouros ameaçam fazer greve no dia 22

367
Viação Campo dos Ouros Greve de ônibus em Guarulhos
Foto: Clube do Ônibus

A situação no transporte público de Guarulhos beira o caos. Depois de mais um dia de paralisação dos funcionários das viações Campo dos Ouros e Atual, já existe a ameaça de nova greve no próximo dia 22. As empresas sofrem com os constantes atrasos nos pagamentos de subsídios pela Prefeitura de Guarulhos. E o prefeito Sebastião Almeida sinaliza com novo reajuste de tarifas logo depois do Natal.

Somente após verificarem que os valores referentes ao vale-alimentação deste mês havia caído em suas contas bancárias, na madrugada desta terça-feira, motoristas e cobradores das viações Campo dos Ouros e Atual, que atendem mais de 120 mil passageiros por dia em Guarulhos e região metropolitana, resolveram voltar ao trabalho, resolveram voltar ao trabalho na manhã desta terça-feira.

Somente por volta das 7h os primeiros carros das duas empresas começaram a deixar a garagem localizada no bairro Bela Vista em Guarulhos, para se dirigir aos pontos finais de cada uma das linhas prejudicadas e iniciarem as corridas do dia. Até então, as linhas prejudicadas estavam sendo atendidas pelas outras duas empresas que compõem o sistema (Guarulhos e Vila Galvão), além de micro-ônibus do sistema alimentador que foram deslocados para cobrir a Campo dos Ouros.

A reportagem do portal Guarulhos Web apurou que a volta ao trabalho nesta terça-feira não encerra a insatisfação dos trabalhadores da Campo dos Ouros. Eles ameaçam parar novamente na manhã do dia 22 caso a segunda parcela do 13º salário, prevista para ser paga até o dia 21, não seja depositada em suas contas. A empresa estaria enfrentando sérias dificuldades financeiras para honrar seus compromissos, já que a Prefeitura de Guarulhos não vem repassando os subsídios previstos para o sistema há alguns meses. Entre 10% e 11% da renda das empresas vem dos valores repassados pela municipalidade. O restante é apurado diretamente do valor das passagens. Há ainda a queda no número de passageiros, em torno de 10% em relação ao ano passado, devido à crise que afeta o Brasil.

Além da viação Campo dos Ouros, também as viações Guarulhos e Vila Galvão passam pelo mesmo problema. Os permissionários, que atuam no sistema alimentador com micro-ônibus, não recebem os subsídios desde o início do ano e também ameaçam paralisar suas atividades caso o prefeito Sebastião Almeida não sinalize com o pagamento imediato da maior parte dos valores atrasados.

Em entrevista ao portal Guarulhos Web, nesta segunda-feira (14), Sebastião Almeida reconheceu que a Prefeitura está atrasando os pagamentos, mas que procura honrar com os valores renegociados com as empresas. Ele chegou a ameaçar rever o contrato de concessão à viação Campo dos Ouros, devido às constantes paralisações nos serviços à população, devido à problemas com motoristas e cobradores. Em novembro, a mesma empresa deixou de operar durante um dia por causa de atrasos no pagamento de salários.

Sebastião Almeida também deve autorizar um novo reajuste de tarifas logo depois do Natal, o que elevará o valor da passagem para mais de R$ 4,00.

Contatos

Viação Campo dos Ouros e Viação Atual
Endereço: Avenida Monte Carlo, 88 – Jardim Bela Vista – Guarulhos – SP – CEP: 07133-110
Telefone: (11) 2404-8499

Prefeitura de Guarulhos
Reclamações, Dúvidas, Sugestões, Críticas sobre o Trânsito e Transporte em Guarulhos, ligue para o telefone 2475-6996 da Prefeitura de Guarulhos.

Secretaria de Transportes e Trânsito de Guarulhos
Rua Dora, 18 – Vila Barros – Guarulhos – SP – CEP: 07192-100
Telefone: (11) 2402-6200
Site: http://bit.ly/1WKSd92
Secretário: Atílio André Pereira

EMTU
Telefone: 0800 724 0555
Reclamações: http://emtu.sp.gov.br/emtu/fale-conosco/entre-em-contato/por-formulario-eletronico.fss
Twitter: http://twitter.com/emtu_oficial

Fonte: Guarulhos Web

Deixe seu comentário