Moradores protestam por morte de menino de 9 anos em ciclovia na Zona Leste

373
Imagem: TV Globo

PM jogou bombas durante manifestação; pneus foram queimados.
Tiago foi atingido por uma van no domingo e não resistiu aos ferimentos.

Moradores do bairro São Mateus, na Zona Leste de São Paulo, fizeram uma manifestação nesta terça-feira (18) por causa da morte de um menino de 9 anos que foi atropelado na Avenida Bento Guelfi no fim de semana.

Tiago foi atropelado neste domingo (16). Segundo a família, ele foi atingido por uma van enquanto estava na ciclovia e não resistiu aos ferimentos. Durante o protesto, os manifestantes queimaram pneus e fecharam a avenida. A polícia tentou dispersar a manifestação com bombas de efeito moral, mas os moradores continuaram o ato.

Outras pessoas que vivem na região afirmam que a ciclovia, que fica bem no meio da avenida, é perigosa. Ela é sinalizada, tem faixa de pedestres, e balizadores que separam a via da pista de carros, mas, segundo os moradores, muitos motoristas desrespeitam o espaço.

“Ultimamente estão fazendo racha. Passam aqui a milhão. Ônibus e caminhões também. É a educação, infelizmente. De motoristas e ciclistas também. Não estamo preparados para isso. Utilizo [a ciclovia] com o maior medo”, diz o administrador Enéas Martins, que vive na região.

A Prefeitura de São Paulo informou, em nota, que vai acompanhar a apuração da Polícia Civil para esclarecer a contradição entre a versão da família e a do motorista, que diz que a criança saiu da ciclovia e atravessou a pista. O texto diz ainda que, para a administração municipal, os atropelamentos com invasão de ciclovia devem ser tratados com a mesma gravidade que os atropelamentos com invasão de calçadas.

Fonte: G1

Deixe seu comentário