CET descarta fechar pistas expressas das marginais durante a madrugada

93
Foto: Angular Fotos Aéreas

Secretário de Transportes falou nesta manhã que fechamento era estudado.
Medida tinha como objetivo aumentar segurança dos motoristas, segundo ele.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informou, na tarde desta quinta-feira (30), que está descartado o fechamento das pistas expressas das marginais Pinheiros e Tietê durante as madrugadas. O secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto, afirmou nesta manhã ao G1 que a Prefeitura estudava o bloqueio da 0h às 5h.

Segundo nota enviada pela companhia, houve um teste de fechamento da pista expressa na Marginal Tietê antes da redução das velocidades, ocorrida em 20 de julho. “A CET está concentrada, exclusivamente, no monitorameno dessas novas velocidades e estão descartados futuros fechamentos”, diz a nota.

O secretário também divulgou uma nota na noite desta quinta-feira reconsiderando as declarações sobre o fechamento. “Não haverá nenhum tipo de operação com o intuito de fechar trechos das pistas expressas das marginais durante a madrugada”, informou o documento assinado por Jilmar Tatto.

Durante a manhã, o secretário havia dito que, durante a madrugada, as vias expressas das marginais “não tem demanda, ajuda na segurança porque é o momento em que os motoristas usam para correr muito, causa muitos acidentes, caminhões principalmente”. Segundo Tatto, a CET realizou testes e o resultado do estudo é satisfatório.

Leia também:

OAB-SP irá à Justiça contra redução da velocidade nas marginais

Novos limites de velocidades nas marginais passam a valer nesta segunda (20/7)

Menor velocidade nas marginais e em vias da Zona Leste de São Paulo tem como objetivo reduzir índice de acidentes e mortes no trânsito

Além do menor número de veículos que circulam pelas pistas durante as madrugadas, a intenção era que o motorista colocasse o pé no freio e evitasse acidentes que causam transtornos para a cidade.

“E, do ponto de vista da segurança, melhor deixar [o tráfego] só na pista central e na pista local. Você vai ter um pouco mais de fluxo, não prejudica a velocidade porque são poucos veículos, mas é medida de segurança”, afirmou Tatto na manhã desta quinta-feira (30).

No último dia 20, as marginais passaram a ter a velocidade máxima reduzida de 90 km/h para 70 km/h na pista expressa, de 70 km/h para 60 km/h na pista central, e de 60 km/h para 50 km/h na pista local.

As marginais Tietê e Pinheiros poderão ter ainda, segundo ele, a volta dos fiscais com os “radares pistola”, usados somente para flagrar motociclistas em excesso de velocidade.

O secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto (Foto: Tatiana Santiago/G1)

* Com informações do G1

Deixe seu comentário