Sem acordo, ferroviários decretam greve para esta quarta (3/6)

348

Após mais uma audiência sem acordo, os ferroviários de quatro das seis linhas da CPTM decidiram entrar em greve a partir da 0h desta quarta-feira dia 03/06.

Os ferroviários não aceitaram a proposta feita no TRT pela manhã de um aumento de 7,72% com mais 10% nos benefícios. Mesmo assim aguardaram até às 18:30 de hoje (02/06) para tomarem uma decisão.

LEIA TAMBÉM: Acompanhe as informações em tempo real sobre a greve na CPTM: http://bit.ly/1Q53gGR

Durante a assembléia aos membros do sindicato, Eluiz Alves de Matos, Presidente do Sindicato dos Ferroviários de São Paulo disse:

“O que quero dizer é que está proposta é muito ruim para nós”.

“Temos é muita paciência! Estamos a 90 dias em negociação”.

Assembleia no Sindicato dos Ferroviários de São Paulo. Foto: Willian Moreira
Assembleia no Sindicato dos Ferroviários de São Paulo. Foto: Willian Moreira

Após discursar e dizer que a CPTM foi irredutível e não os tratou como merecem, foi colocada em votação a realização ou não da greve, esta que foi seguida de um sim por unanimidade dos presentes. Desta forma em comum acordo, ficou decidido que as linhas 7-Rubi e 10-Turquesa que são representadas pelo Sindicato dos Ferroviários de São Paulo e as linhas 11-Coral e 12-Safira que são representadas pelo Sindicato dos Trabalhadores da Central do Brasil, entram em paralisação total por tempo indeterminado a partir da meia-noite. As Linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda não aderiram a greve e vão operar normalmente, pois o Sindicato dos Ferroviários da Sorocabana que representa as duas linhas votou pela não realização da greve.

LEIA TAMBÉM: Sindicatos decidem por greve em quatro linhas da CPTM nesta quarta (3/6). http://bit.ly/1FSyaKw

Texto: Willian Moreira e Adriana Carvalho

Deixe seu comentário