Projeto prevê ciclovias nas avenidas Jaguaré e Ibirapuera até 2016

840
Mapa que integra o Plano de Mobilidade de São Paulo - Modo Bicicleta

A prefeitura planeja implantar ciclovias em vias importantes da cidade como as avenidas Ibirapuera, Indianópolis, Gastão Vidigal, Jaguaré e Hélio Pellegrino até 2016.

A informação consta no Plano de Mobilidade de São Paulo – Modo Bicicleta, divulgado no começo de Abril, que mostra como ficará a rede após a conclusão da promessa do prefeito Fernando Haddad (PT) de implantar 400 quilômetros de vias para ciclistas até o fim de seu mandato. Até agora, foram instalados 264,8 km.

O plano também projeta a ampliação da rede cicloviária até 2024 e 2030, quando a extensão das pistas vermelhas deve atingir 1,4 mil quilômetros, segundo a proposta.

Até 2016, de acordo com o plano, a zona oeste receberá ciclovias na avenida Paulo 6º e rua Henrique Schaumann, numa ligação direta entre Perdizes e os Jardins. A ciclovia da avenida Sumaré também terá continuidade do outro lado, no viaduto Antártica, que dará acesso à zona norte pela ponte Nicolas Boer.

Outro grande corredor para bicicletas irá da avenida doutor Gastão Vidigal, na região do Ceasa, até a avenida Hélio Pellegrino, no Itaim, passando pelas avenidas Fonseca Rodrigues, Pedroso de Moraes e Faria Lima, que já possuem ciclovias.

2014_07_01_fa_ciclovia_duque_8

A USP, que implanta ciclovias dentro de seus campus, poderá ser acessada de bicicleta por uma rota que passa pela ponte do Jaguaré e pela avenida Jaguaré.

Na zona norte, as avenidas General Ataliba Leonel e Luiz Dumont Villares, que já recebem a ciclofaixa de lazer aos domingos, terão uma via permanente para os ciclistas.

Outras avenidas da região que terão ciclovia são a Olavo Fontoura, paralela ao sambódromo, a Edu Chaves e a avenida das Cerejeiras, perto da divisa com Guarulhos, e a rua Joaquina Ramalho, na Vila Guilherme.

Na divisa entre Pirituba e Freguesia do Ó, uma ciclovia será implantada na av. Fuad Lutfalla, formando um corredor até a marginal Tietê com as pistas da avenida General Edgar Facó, já existentes. Paralela à marginal, a ciclovia da rua da Balsa terá continuidade rumo à Casa Verde.

Na zona sul, será possível ir da avenida engenheiro Luiz Carlos Berrini até o aeroporto de Congonhas pela rua Vieira de Moraes. Haverá ciclovias em parte das avenidas Ibirapuera e José Diniz.

Também estão no mapa as avenidas Indianópolis, Aclimação e Ricardo Jafet.

Na zona leste, as pistas vermelhas serão expandidas para trechos das avenidas Mateo Bei, São Miguel, Governador Carvalho Pinto e as estradas de Mogi das Cruzes e do Imperador.

A rota percorrida pelo monotrilho da linha 15-prata, que segue pelas avenidas Luiz Ignácio de Anhaia Melo e Sapopemba, também terá ciclovias, mas elas deverão ficar para depois de 2016.

A prefeitura divulgou o mapa em uma versão com baixa resolução, que não permite identificar trechos em ruas menores.

Fonte: Folha de São Paulo

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here