Prefeitura de São Paulo amplia ciclovias da Vila Maria, na Zona Norte

Com novo trecho da Rua Amambai, ciclovias somam 3,5 km, interligando Ponte Jânio Quadros, Avenida Guilherme Cotching, Rua Curuçá e futuramente com a Ciclovia da Avenida das Cerejeiras

Desde a última quinta-feira, 12/03, a cidade passou a contar com 261,6 km de vias destinadas aos ciclistas. A CET entregou um novo trecho de ciclovia com 400 metros de extensão, na Rua Amambai, entre as ruas Curuçá e Araritaguaba, região da Vila Maria, Zona Norte da cidade. Com este novo trecho, as ciclovias da Ponte Jânio Quadros, Avenida Guilherme Cotching e Rua Curuçá, interligadas, somam 3,5 km de extensão, e futuramente farão conexão com a ciclovia da Avenida das Cerejeiras.

Do total de ciclovias existentes na cidade, a atual gestão inaugurou 198,6 km desde junho de 2014. Portanto, antes, São Paulo possuía 63 km. A meta da Prefeitura é viabilizar uma malha de 400 km até o fim de 2015.

“Estamos ampliando nossa rede cicloviária nos mais diversos pontos da cidade, trata-se da construção de uma malha que fará ligações com pontos estratégicos de mobilidade, como terminais de ônibus e estações do metrô, além de equipamentos como escolas, praças e bibliotecas”, afirma o secretário municipal de transportes, Jilmar Tatto.

O percurso é bidirecional, ao lado direito da pista, junto ao passeio, seguindo o fluxo do tráfego que possui mão única de direção.

Recomendações ao Público

· Respeite a sinalização;

· Por se tratar de uma ciclovia a ser utilizada pelo público em geral (adultos, crianças e idosos), não se destina à prática de atividades desportivas de ciclismo, devendo ser percorrida em velocidade compatível;

· Se necessitar pedir informações, proceda de forma a não atrapalhar a fluidez do trânsito;

· É proibida a utilização da ciclovia por pedestres.

Deixe um comentário