Obras da Estação Morumbi da Linha 17-Ouro do Monotrilho são iniciadas

Nova Estação Morumbi da Linha 17-Ouro deve atender 41 mil passageiros por dia, e os passageiros terão acesso à Linha 9-Esmeralda da CPTM

0
355
Estação Morumbi
Foto: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

Foram iniciadas nesta sexta-feira, dia 16 de fevereiro, as obras da Estação Morumbi da Linha 17-Ouro do monotrilho. A nova estação será elevada e ficará na Marginal Pinheiros, entre a Estação Morumbi da Linha 9-Esmeralda da CPTM e a margem do Rio Pinheiros, na altura da Rua Engenheiro Mesquita Sampaio, permitindo acesso rápido e gratuito à Linha 9-Esmeralda da CPTM.

“A estação vai permitir a integração da Linha 9-Esmeralda com a futura Linha 17-Ouro, que vai do Aeroporto de Congonhas até a Marginal Pinheiros. As obras começam com 70 trabalhadores e, no auge, vai gerar 350 empregos diretos. Esta é a oitava estação que começamos na linha 17-Ouro, que já tem 984 trabalhadores atuando”, disse o governador Geraldo Alckmin.

Os trabalhos também incluem obras de adequações na Estação Morumbi da Linha 9-Esmeralda da CPTM, com a construção de um mezanino ao final da plataforma, além do acréscimo de duas escadas rolantes, elevador e uma escada fixa.

A nova estação da Linha 17-Ouro do Monotrilho deve atender a 41 mil passageiros por dia. Ela terá 8.600 m² de área construída, contando com duas plataformas laterais de 60 metros cada, ventilação e iluminação natural, além de captação de água pluvial para limpeza das calçadas e irrigação dos jardins.

Foto: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

“A estação vai ter acesso dos passageiros do outro lado da Marginal Pinheiros, com passarela, quatro elevadores, oito escadas rolantes, 18 meses pra conclusão. Vai ser uma estação muito importante para que os passageiros da Linha 9-Esmeralda possam usar o monotrilho da 17-Ouro”, comentou o secretário de Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni.

Planejada para ser totalmente acessível, a estação terá ainda piso tátil, cinco escadas fixas, além de dois bloqueios especiais. O acesso também será facilitado para quem utiliza bicicleta, com a construção de dois bicicletários, sendo que um ficará ao lado da ciclovia da Marginal Pinheiros e o outro no acesso principal, na Avenida das Nações Unidas.

Foto: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

A Estação Morumbi será a última estação do trecho prioritário da Linha 17-Ouro, que terá 7,7 km de extensão e oito estações, entre Congonhas e Morumbi, além de conexão com a Linha 5-Lilás, na Estação Campo Belo. Atualmente, cerca de 1.200 pessoas trabalham nas obras de implantação da Linha 17-Ouro e no pátio de manutenção. A expectativa é de concluir o trecho no segundo semestre de 2019, atendendo a 185 mil passageiros por dia.

estação morumbi croquis

OPERAÇÃO COMERCIAL DA ESTAÇÃO MORUMBI

A operação comercial da Estação Morumbi da Linha 17-Ouro será feita pelo Consórcio Via Mobilidade.

Em 19 de janeiro, o Consórcio Via Mobilidade, composto pelas empresas CCR e RuasInvest Participações, venceu a licitação internacional de concessão para operação das linhas 5-Lilás e 17-Ouro.

OBRAS DA LINHA 17-OURO

No dia 8 de fevereiro, o Metrô divulgou em seu canal no YouTube, o andamento das obras da Linha 17-Ouro no mês de janeiro.

No vídeo, são mostradas as obras das futuras estações Congonhas, Jardim Aeroporto, Brooklin Paulista, Vereador José Diniz, Campo Belo, Vila Cordeiro e Chucri Zaidan, além do Pátio Água Espraiada. Assista abaixo.

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO