CPTM reinaugura Estação Engenheiro Goulart da linha 12-Safira

Com 15 mil m², novo prédio é acessível à pessoa com deficiência, faz integração com ciclovia e dá acesso ao Parque Ecológico do Tietê

0
68
Estação Engenheiro Goulart
Foto: Diogo Moreira/A2img

Nesta sexta-feira (4/8), a nova Estação Engenheiro Goulart entrou em operação comercial na Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana). Essa será a estação de integração com a futura Linha 13-Jade, que está sendo implantada para ligar a capital paulista ao Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos.

Com a conclusão dessa primeira etapa, os trens da Linha 12-Safira voltam a parar nessa estação, que também possui uma segunda plataforma que estará operacional para atender a Linha 13-Jade, a partir de 2019, quando a linha for concluída. Os trens começaram a obedecer parada na nova estação no período da tarde.

Foto: Diogo Moreira/A2img
Foto: Diogo Moreira/A2img

A nova estação que estava fechada desde 2014 para reformas conta com arquitetura moderna e totalmente acessível, tem mais de 15 mil metros² de área construída e em nada lembra o modesto prédio de 500 m² que existia no local. No quesito sustentabilidade, o projeto contempla um sistema de aquecimento de água por energia solar, reservatório de água quente e outro para armazenamento de água de reuso.

A Estação Engenheiro Goulart dispõe de todos os equipamentos de acessibilidade, com dois elevadores e sanitários masculino, feminino e para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Também há quatro escadas rolantes e escadas fixas, além de bilheteria blindada, com três guichês, e linha de bloqueio com 16 catracas.

A passarela que existirá sobre a Avenida Doutor Assis Ribeiro ainda não começou a ser construída por conta do atraso na desapropriação de um posto de gasolina.

No mezanino da estação estão as salas para as áreas operacionais e de segurança, que incluem vestiários e sanitários masculino/feminino. Para abrigar as salas técnicas e os equipamentos gerais, foi construído um edifício anexo. Os ciclistas terão um bicicletário com 152 vagas e sanitários. Uma passarela ligará a estação ao Parque Ecológico Tietê, com acesso à ciclovia.

Ciclovia Parque Ecológico do Tietê
Passagem sob a Rodovia Ayrton Senna, dentro do Parque Ecológico do Tietê (Foto: Blog Pedalare)

“É uma grande conquista para São Paulo. Uma estação com 15 mil metros quadrados, elevadores, escadas rolantes, acessibilidade, passarela ligando ao Parque Ecológico do Tietê e bicicletário, para os ciclistas também utilizarem o espaço. Uma grande obra, que atende a Linha 12, que vai para a USP Leste e a futura Linha 13”, comentou o governador Geraldo Alckmin durante a entrega da estação.

“Integramos o modal da ciclovia ao modal ferroviário e a estação conta com passarela para o Parque Ecológico do Tietê, que está bem bonito. Então, as pessoas, de onde estiverem, vão poder conhecer e visitar o parque”, enfatizou o governador Geraldo Alckmin.

A estação Engenheiro Goulart integra o Lote 1 das obras civis da Linha 13-Jade, que também engloba a implantação da via permanente e rede aérea no trecho em superfície da nova linha, remanejamento da Linha 12-Safira e ampliação de duas passagens inferiores.

Parque Ecológico do Tietê

O Parque Ecológico do Tietê conta com uma área de 14 milhões de m², sendo 14 milhões m² pertencentes ao Núcleo Engenheiro Goulart e 171 mil m² pertencentes ao Núcleo Vila Jacuí.

O parque proporciona aos seus usuários uma série de atividades culturais, educacionais, recreativas, esportivas e de lazer, sendo dividido em dois núcleos de lazer:

Núcleo Engenheiro Goulart (Cangaíba)

Pista de bicicross; pista de atletismo; 9 km de trilhas; 14 km de ciclovia (na área externa do centro de lazer) e aluguel de bicicletas; 3 quadras de futsal; 2 quadras poliesportivas; 5 campos de futebol society; 16 campos de futebol (4 internos e 12 externos); 1 campo de beisebol; conjunto aquático composto por 3 piscinas (adulto, juvenil e infantil); playground; academia; palco ao ar livre; teatro de arena; anfiteatro; 9 quiosques com churrasqueira e 12 churrasqueiras descobertas; lago com pedalinho e pedalão; passeio de trenzinho e triciclos; restaurante e lanchonetes (que funcionam todos os dias). Para maiores informações, o usuário pode entrar em contato com os telefones (11) 2958-1477, 2958-1450 e 2958-9035.

Parque Ecológico do Tietê (Foto: Departamento de Águas e Energia Elétrica)
Núcleo Vila Jacuí (São Miguel Paulista)

2 campos de futebol; 3 quadras poliesportivas; pista de bicicross e skate; quadra para vôlei de praia; áreas para recreação; 12 quiosques com churrasqueira; salão de festa; vestiários; pista de cooper; equipamento e centro de atividades para a terceira idade. Para maiores informações, o usuário pode entrar em contato com o telefone (11) 2033-1940.

Linha 13-Jade

A Linha 13-Jade, que ligará a capital ao Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, beneficiará principalmente os moradores das duas maiores cidades do Estado, além de atender aos turistas e profissionais que vem a São Paulo para negócios. A demanda inicial projetada é de cerca de 130 mil passageiros por dia útil e a conclusão das obras civis está prevista para o primeiro semestre de 2018.

Atualmente, cerca de 2.300 trabalhadores estão mobilizados nos quatro lotes que compõem a obra.

Linha 13-Jade
Foto: Eduardo Saraiva/A2img

A linha terá três estações: Aeroporto-Guarulhos, Guarulhos-Cecap (novas) e Engenheiro Goulart (entregue nesta data), com integração com outros meios de transporte.

Terminal Metropolitano Taboão (Foto: José Luís da Conceição/Divulgação)

A Estação Cecap-Guarulhos terá um dos acessos transpondo o viário, permitindo conexão com a Rodoviária de Guarulhos. Na Estação Aeroporto-Guarulhos, uma das saídas possibilitará a passagem para o Terminal Metropolitano Taboão, além do acesso direto ao Terminal 1 do Aeroporto, que será interligado com transporte próprio da GRU Airport, responsável pela distribuição dos passageiros pelos diversos terminais.

Do total de 12,2 km de extensão, quase 8 km de vias férreas serão sustentadas por 764 vigas gigantes, com 31 metros de extensão e 96,8 toneladas cada, o equivalente a 121 carros populares com peso médio de 800 kg. Para atender essa demanda, uma fábrica foi montada em um dos canteiros e guindastes de grande porte são utilizados para o lançamento de vigas nos últimos trechos em elevado.​

Atrasos da Linha 13-Jade

A linha 13-Jade foi prometida pelo governo estadual para ser entregue antes da Copa do Mundo de 2014 e mesmo após o encerramento do evento sofreu diversos adiamentos. A linha terá 12,2 km de extensão, sendo 7,9 km em elevado e 4,3 km em superfície. Em março de 2016 o governo estadual anunciou que a linha seria entregue em 2019 e que haveria um custo adicional de R$ 101 milhões.

Foram diversos motivos para os atrasos das obras da linha 13-Jade entre eles a demora na obtenção das licenças ambientais e o prazo prolongado para aprovação do projeto de transposição das rodovias Presidente Dutra e Ayrton Senna.

Estação Aeroporto

Nos últimos meses o governador Geraldo Alckmin vêm prometendo finalizar as obras da linha até 2018, sem mês especificado. Além disso, o governo estadual estuda conceder a linha para a iniciativa privada.

Em junho deste ano, a CPTM divulgou que quando a linha estiver em pleno funcionamento até a região do Aeroporto Internacional de São Paulo, poderá haver um sistema para os passageiros despacharem as bagagens antes de entrar nas estações, com o intuito de facilitar o embarque, antes dos passageiros acessarem os terminais do aeroporto.

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO