Operação da Polícia Civil na Cracolândia resulta em 12 presos e alvos de busca

Nesta quinta-feira (13), a Polícia Civil de São Paulo conduziu uma operação na Cracolândia, localizada no Centro da cidade. Segundo o secretário de Segurança Pública, Guilherme Derrite, a ação já resultou na prisão de 12 pessoas até o momento.

A operação tem como foco cerca de 28 hotéis e hospedagens da região, suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas. No total, estão sendo cumpridos 140 mandados de busca e apreensão nesses estabelecimentos, com a expectativa de interditar 26 deles.

A ação conta com a participação de aproximadamente 600 policiais, coordenados pelo Denarc (Departamento Estadual de Investigação sobre Entorpecentes).

Guilherme Derrite destacou que o objetivo principal da operação é investigar como o crime organizado realiza a lavagem de dinheiro no centro da cidade e buscar a asfixia financeira dessas organizações. Segundo ele, a operação visa juntar peças do quebra-cabeças para comprovar que facções criminosas, como o PCC, estão utilizando o tráfico de drogas como meio para lavagem de dinheiro.

“O objetivo da operação não é apreender drogas especificamente. Isso está sendo feito em paralelo pela Seccional do Centro. O objetivo do 77º DP, nessa fase, é fortalecer a inteligência policial para comprovar a lavagem de dinheiro pelo crime organizado através do tráfico de drogas”, afirmou Derrite.

Sobre os presos, o secretário informou que alguns foram detidos em flagrante por estarem cometendo crimes durante o cumprimento dos mandados. “Alguns dos presos estavam portando drogas e provavelmente armamento, e foram detidos em flagrante”, explicou.

Derrite também enfatizou que a operação ocorreu de maneira tranquila, sem registros de tumultos.

Deixe um comentário