Ponte para pedestres em Guarulhos é interditada após ceder durante chuvas

Uma ponte para pedestres que atravessa o rio Baquirivu-Guaçu e conecta a Rua Jamil João Zarif ao Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, foi interditada na segunda-feira (27) devido a danos causados pelas chuvas do fim de semana.

Danos causados pelas chuvas

Moradores enviaram vídeos à TV Globo que mostram a situação da ponte após as chuvas que afetaram a cidade entre sábado e domingo. Nas imagens, é possível observar danos significativos na estrutura, com postes caídos e danos visíveis.

Impacto para os moradores

O fechamento da ponte trouxe desafios para os moradores da região, que agora precisam encontrar caminhos alternativos. O caminho sugerido pela prefeitura, que passa pelo Terminal de Ônibus Taboão, acrescenta cerca de três quilômetros à rota, gerando transtornos e atrasos para quem precisa atravessar a área.

Solução emergencial

Inicialmente, a prefeitura de Guarulhos já planejava desmontar a ponte para realizar obras de macrodrenagem no local e substituí-la por uma passarela. No entanto, devido aos danos causados pelas chuvas, a secretaria de Obras decidiu adiantar a construção da passarela para resolver o problema de acesso o mais rápido possível.

Histórico da ponte

A ponte, que originalmente foi fechada para veículos em 2010, tornou-se acessível apenas a pedestres em 2014, principalmente para funcionários do Aeroporto de Guarulhos. O fechamento para veículos ocorreu devido ao aumento do fluxo de carros na região, e desde então, somente os pedestres têm permissão para atravessar a ponte.

Deixe um comentário