19.7 C
São Paulo
domingo, maio 19, 2024

Metrô de São Paulo investe em tecnologia de monitoramento de trilhos para melhorias na operação

O Metrô de São Paulo avançou em sua estratégia de aprimoramento tecnológico ao selecionar a empresa responsável por contribuições no desenvolvimento de meios para o monitoramento dos sistemas e situação dos trilhos nas linhas administradas pela Companhia.

A empresa contratada foi a Setup Comércio e Serviços de Equipamentos Elétricos Ltda, que, em colaboração com os metroviários, fornecerá sugestões, ideias e contribuições para viabilizar essa nova tecnologia.

Com essa solução em operação no futuro, o Metrô poderá antecipadamente monitorar a situação real dos trilhos nas linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata, permitindo assim uma atuação preventiva por parte das equipes de manutenção.

Além disso, o aumento das medidas preventivas tende a resultar em uma redução do número de falhas nas vias permanentes, refletindo em uma maior regularidade da operação e circulação dos trens.

De acordo com o documento de aviso de seleção, a Setup deverá realizar o desenvolvimento de um sistema de monitoramento da via permanente, automatizado, mediante encomenda tecnológica.

MOBILIDADE SAMPA

Siga o Mobilidade Sampa nas redes sociais e fique informado sobre a mobilidade urbana de São Paulo e Região Metropolitana:

  • Twitter
  • Instagram
  • Telegram
  • Facebook
  • YouTube
  • LinkedIn
  • Igor Roberto
    Igor Robertohttps://noticiando.net/
    Paulistano, empreendedor e pai. Formado em gestão pública e graduando em Direito. É fascinado por temas relacionados a mobilidade urbana e o transporte público. É o redator de conteúdo dos sites de mobilidade do Grupo PLN. Quer entrar em contato com o Igor? Envie um e-mail para igor@grupopln.com.br.

    ÚLTIMOS POSTS

    ESCREVA SEU COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    SIGA-NOS

    6,317SeguidoresSeguir
    28,236SeguidoresSeguir
    439InscritosInscrever
    PUBLICIDADE

    ÚLTIMOS POSTS