Segurança terceirizado da CPTM é baleado por criminosos na Estação Varginha

Na madrugada de quarta-feira, 17 de abril de 2024, um segurança terceirizado contratado pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) foi vítima de um ataque a tiros por criminosos nas instalações da estação Varginha.

Segundo relatos da Companhia, por volta das 03h40, um grupo de indivíduos adentrou a área restrita da estação, desencadeando uma resposta imediata por parte dos agentes de segurança presentes no local. Ao tentarem abordar os invasores, os vigilantes foram surpreendidos por disparos efetuados por dois criminosos.

O resultado do confronto deixou um dos seguranças ferido, enquanto os agressores empreenderam fuga antes da chegada das autoridades policiais. A vítima dos disparos foi prontamente encaminhada para um hospital localizado na Zona Sul de São Paulo, onde permanece sob cuidados médicos.

Em comunicado oficial, a CPTM confirmou o registro do incidente junto ao 101º Distrito Policial, responsável pela investigação do caso. A empresa expressou preocupação com a segurança de seus colaboradores e destacou que está colaborando integralmente com as autoridades para esclarecer os detalhes do ocorrido e compreender os motivos que levaram à invasão da área de obras.

“A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) informa que, por volta das 03h40 desta quarta-feira (17/04), uma equipe de vigilância que atuava na região onde está sendo construída a Estação Varginha, na Linha 9-Esmeralda de trens metropolitanos, localizou indivíduos em uma área proibida. Ao abordarem as pessoas, dois homens atiraram contra os vigilantes, sendo que um deles foi ferido. Os homens fugiram do local e os vigilantes acionaram a Polícia Militar e o socorro médico. O vigilante ferido foi encaminhado ao Hospital do Grajaú. O caso foi encaminhado ao 101º DP, onde foi elaborado um Boletim de Ocorrência.”

A CPTM reiterou seu compromisso com a segurança de seus colaboradores e passageiros, e afirmou estar adotando medidas adicionais para reforçar a proteção em suas instalações, visando prevenir incidentes semelhantes no futuro.

Deixe um comentário