Prefeitura de Santo André reabre Viaduto Castelo Branco no dia 30 de abril

O Viaduto Presidente Castelo Branco, em Santo André, será liberado completamente para o tráfego de veículos no dia 30 de abril. As obras de modernização e reforço estrutural, que chegaram à etapa final, contemplam nesta última fase a substituição de estruturas de amortecimento antigas por novas em toda a extensão do viário.

Atualmente o viaduto está parcialmente liberado ao tráfego, com uma pista livre para o motorista que vai para Avenida dos Estados e duas pistas liberadas para acessar a Avenida Prestes Maia, no sentido São Bernardo do Campo.

A troca dos chamados aparelhos de apoio garantem o aumento da vida útil do viaduto, bem como permitem que as pistas suportem mais carga transitando diariamente. O trabalho é executado retirando as antigas placas, que tinham em média 40 anos de uso e estavam deterioradas, por estruturas novas, compostas por aço e neoprene.

Para realizar este trabalho são utilizados macacos hidráulicos que garantem a elevação do viaduto e a substituição dessas peças. São ao todo 10 equipamentos utilizados que suportam 2 mil toneladas de peso e garantem a realização deste trabalho de modernização do viaduto com segurança.

O prefeito Paulo Serra esteve presente nas obras nesta quarta-feira (10/04) para acompanhar o processo de substituição dessas peças de absorção. “Estamos implementando um novo amortecimento neste viaduto, e até o final do mês teremos ele pronto e totalmente reformado. A modernização contemplou não apenas onde passam os carros, mas em toda a estrutura, para comportar mais carga de maneira segura”, pontuou.

O serviço de substituição das placas de amortecimentos é realizado nos 36 pilares do Viaduto Castelo Branco e envolve 96 operações distintas para elevação do viaduto e aplicação das novas estruturas.

Complexo Santa Teresinha

As intervenções realizadas no Viaduto Castelo Branco integram as obras do Complexo Viário Santa Teresinha, que têm o objetivo de dar maior fluidez ao tráfego da região. Estão em construção dois novos viadutos, paralelos e em ambos os sentidos na Avenida dos Estados, visando reduzir o número de cruzamentos em nível para acessar o primeiro e o segundo subdistritos.

O pacote de intervenções de mobilidade conta com recursos do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) e também da Prefeitura de Santo André.

Deixe um comentário