23.1 C
São Paulo
sábado, abril 20, 2024

Tatuzão “Cora Coralina” retoma escavação na Linha 2-Verde

Nesta segunda-feira (25), o maior Tatuzão da América Latina retomou suas atividades na expansão da Linha 2-Verde do Metrô de São Paulo, dando início à etapa crucial de escavação em direção à futura estação Anália Franco.

Após concluir o primeiro trecho de túnel com impressionantes 654 metros de extensão, a imponente tuneladora apelidada de “Cora Coralina” partiu do canteiro da Vila Formosa para dar continuidade à escavação e instalação de anéis de concreto, abrangendo aproximadamente 800 metros até o destino final. Seu trajeto inclui a passagem pelo VSE Coxim, um poço intermediário essencial para ventilação e como saída de emergência.

Equipada com uma roda de corte de 11,66 metros de diâmetro, a maior do tipo em operação na América Latina, a “Cora Coralina” tem uma impressionante capacidade de escavar e revestir até 15 metros por dia. Um verdadeiro exército de cerca de 150 profissionais, incluindo engenheiros, mecânicos, técnicos e eletricistas, trabalha incansavelmente em três turnos diários para garantir o sucesso da operação.

Com aproximadamente 100 metros de comprimento e um peso colossal de 500 toneladas, essa máquina gigantesca é projetada para enfrentar os desafios da escavação e revestimento ao longo dos 7,5 km de túneis previstos para a expansão da Linha 2-Verde. Além da roda de corte, a estrutura da tuneladora inclui componentes essenciais como o “backup”, equipado com esteiras para remoção de terra, câmara hiperbárica, sistema de ventilação e uma estrutura especial para a colocação das aduelas de concreto que revestem o túnel, entre outros acessórios vitais para o funcionamento eficiente da máquina.

Com a retomada das atividades do Tatuzão “Cora Coralina”, mais um passo significativo é dado rumo à conclusão deste importante projeto de expansão do metrô de São Paulo, que trará benefícios notáveis para a mobilidade urbana e o transporte público na cidade.

Ampliação da Linha 2-Verde

Com investimento na ordem de R$ 13,4 bilhões, a ampliação da Linha 2-Verde ocorre entre a Vila Prudente e a Penha, para construir mais 8,4 km (sendo 8 km operacionais) de vias e oito novas estações, cruzando a zona leste de São Paulo. A meta é concluir a primeira etapa, de Vila Prudente a Vila Formosa, até 2026, enquanto o segundo trecho, de Vila Formosa a Penha, está previsto para 2027. Quando pronto, o novo trecho vai agilizar o trajeto dos moradores da região leste e facilitar a chegada às demais regiões de São Paulo, além de redistribuir a demanda de passageiros nas demais linhas de metrô e trem, trazendo mais conforto às pessoas.

MOBILIDADE SAMPA

Siga o Mobilidade Sampa nas redes sociais e fique informado sobre a mobilidade urbana de São Paulo e Região Metropolitana:

  • Twitter
  • Instagram
  • Telegram
  • Facebook
  • YouTube
  • LinkedIn
  • Igor Roberto
    Igor Robertohttps://noticiando.net/
    Paulistano, empreendedor e pai. Formado em gestão pública e graduando em Direito. É fascinado por temas relacionados a mobilidade urbana e o transporte público. É o redator de conteúdo dos sites de mobilidade do Grupo PLN. Quer entrar em contato com o Igor? Envie um e-mail para igor@grupopln.com.br.

    ÚLTIMOS POSTS

    SIGA-NOS

    6,317SeguidoresSeguir
    28,236SeguidoresSeguir
    439InscritosInscrever
    PUBLICIDADE

    ÚLTIMOS POSTS